Lição None

Leitura Diária da Escola Dominical 3º Trim Lição 10 Para Jovens O Perigo do Materialismo

Os Materialistas valorizam o Ter Sem Nenhuma Preocupação em Serem Salvos da Condenação Eterna


Lições bíblicas
Arquivo
Partilhe! Obrigado.

LEITURA DIÁRIA DA ESCOLA DOMINICAL. 3º TRIM LIÇÃO 10 PARA JOVENS -  

O PERIGO DO MATERIALISMO

Contexto Histórico

O contexto histórico é presente nas culturas orientais da Antiguidade como egípcia, babilônica, indiana e chinesa,

Tornou o materialismo comum no pensamento ocidental por volta do século VII a. C., com algumas escolas filosóficas,

A Escola de Mileto, de onde saíram Tales de Mileto (624-547 a. C.), Anaximandro (610-546 a. C.) e Anaxímenes (585-525 a. C.).

Posteriormente, os pré-socráticos, como Demócrito de Abdera (460-370 a. C.), que promoveu a teoria atomista da estrutura da matéria, irão dar novo fôlego ao materialismo.

Aristóteles (384-322 a. C.), também contribuiu ao afirmar que todas as coisas têm uma base material.

Com a instituição da Idade Média, a religião e a dimensão espiritual da vida passaram a dominar todas as esferas da sociedade, até o advento do Renascimento (Século XV).

Nesse ínterim, Francis Bacon (1561-1626), criticou duramente a filosofia idealista ao defender que a experiência é o fundamento de todo processo de conhecimento.

Materialismo e Pensamento Marxista

O destaque especial no materialismo é o pensamento marxista de Karl Marx (1818-1883) e Friedrich Engels (1820-1895), donde o ser humano fundamenta toda sua estrutura econômica e social nas condições materiais de sua existência.

Materialismo Dialético

O materialismo dialético (processo pelo qual o pensamento, que se confunde com o ser se desenvolve segundo um ritmo ternário) é uma corrente filosófica que utiliza o conceito de dialética para entender os processos sociais ao longo da história.

Essa teoria faz parte do marxismo socialista, criada por Karl Marx (1818-1883) e Friedrich Engels (1820-1895).

Além do materialismo, Marx e seu companheiro Engels, desenvolveram diversas teorias juntos com o intuito de compreender as relações sociais.

Lembre-se que o marxismo é o nome dado as ideias desenvolvidas pelo filósofo Marx, considerado um dos mais influentes pensadores da modernidade.

Materialismo Histórico

Por conseguinte, no “Materialismo Histórico”, os processos históricos seriam uma manifestação do trabalho para satisfazer as necessidades materiais,

Determinando os modos de produção da vida material, com impactos diretos na vida social, política e espiritual em cada período histórico

O “Materialismo” é um substantivo masculino utilizado para designar a família de correntes filosóficas que buscam explicar o ser e sua existência a partir da matéria desde a Antiguidade.

Principais Características

Uma das principais características do materialismo é sua busca pela explicação dos fenômenos da realidade

A partir de condições estritamente concretas e materiais,

De onde se pode compreender de modo racional as fontes que geram as dinâmicas sociais, históricas, psicológicas, epistemológicas, etc.

Com efeito, o materialismo esta em via oposta ao idealismo, o espiritualismo e a metafísica,

Ademais, até mesmo o pensamento seria uma manifestação interior da matéria, permitindo a existência imaterial da consciência, contudo, correlacionada aos fatos e fenômenos de origem material.

Por fim, vale ressaltar que o materialismo se estende ao modo de vida em que o gozo das coisas materiais é também uma filosofia de vida, caracterizada pelo grande apego aos bens materiais.

MATERIALISMO X CRISTIANISMO

 O Vírus do MATERIALISMO: “Eu sou o que obtenho!”

Materialismo: Seu ataque é fulminante, pois vem direto ao coração do homem.

Ele destrói nossa maior defesa que é a fé. Tornando-me fruto daquilo que eu creio porque vejo, e sem fé é impossível agradar a Deus!’.

O materialismo é como uma doença maligna que se alastra,

Pois a principio eu trabalho para suprir minhas necessidades básicas e de minha família,

Depois cada vez mais e mais quero obter coisas e bens para satisfazer essa obsessão doentia.

Meu tempo começa a girar em torno de minha obsessão pelo material e não tenho mais tempo nem ânimo para servir a Deus,

Torno-me um ególatra (adorador do trabalho).

Minha vida é viver para possuir, obter, tomar posse, ser dono, ser proprietário etc.

Jesus nos adverte em Lucas 12:15 - Então, lhes recomendou: Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui”.

Quando estamos desesperados, ansiosos, com medo do futuro, de não termos, é porque já estamos atacados pelo vírus.

O materialismo ataca também a visão, distorce nossa visão.

Começamos a correr atrás do supérfluo e esquecemos do verdadeiro e imprescindível.

Começo a medir, julgar, reparar todos pelo que possuem ou não possuem.

Chega ao ponto deste vírus atacar as realidades espirituais na vida do homem

Jesus disse: “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão Mateus 6.22-23

Se tivermos os olhos de Deus estamos na Luz, se temos os olhos do materialismo estamos nas trevas.

O materialismo ataca a prática da fé: De repente eu começo a racionalizar e adaptar o materialismo com a Palavra de Deus, torno-me então um hipócrita.

Muitos ‘cristãos’ infelizmente creem que ser alguém ‘abençoado’ significa ser dono de seu próprio negócio, ser empresário, ser proprietário, ser cabeça e nunca cauda, ser possuidor de vários carros, casas, veículos, bens imóveis sempre o ter e nunca o ser

Ou seja o seu ser fica afetado pelo ter, ele passa a viver com os olhos materialistas e se esquece da sua vida espiritual com Deus

Se formos materialistas nós nunca teremos o suficiente.

 A prosperidade segundo a Bíblia é ausência de necessidades básicas, segundo Paulo esccreceu aos crentes Filipenses 4.19, E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há-de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades”. 1ª Timoteo.6.7-10 pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; - por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeito. - Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, - pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos.

Se formos dizer que falta de coisas é sinônimo de fracasso na vida espiritual, maldição ou coisa assim. Então Jesus seria o maior de todos os fracassados,

Pois ele não tinha onde reclinar a cabeça, não parava em casa, seria como se não tivesse casa,

Era sustentado por maioria de mulheres e aos que o seguiam,

Morreu como um bandido, seus seguidores o abandonaram e foi sepultado em um túmulo emprestado. Na linguagem de hoje diríamos que ele não tinha onde cair morto.

Ele mesmo disse Mateus 6.24Ninguém pode servir a dois senhores; porquê ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas”.

É impossível crer em duas coisas antagônicas ao mesmo tempo.

O materialismo ataca e destrói o coração, a visão e a prática da fé, mas como eu posso vencer isso?

Em primeiro lugar é preciso cuidar de nosso coração, que é o altar de Deus, veja o que diz em Provérbios 4.23 Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida”.

Tudo começa e termina no coração do homem, o mal e o bem. A dúvida e a fé.

Restaure o seu coração com as verdades básicas da Palavra de Deus, com as esperanças básicas da fé cristã baseadas na Palavra de Deus. Não siga o seu coração, obedeça a Deus

SEGUNDA – JÓ.12:7-10, A NATUREZA DEPÓE CONTRA O MATERIALISMO

Os materialistas não acreditam nas coisas que não se provam por meio da ciência ou se provam por meio da razão. Eles não acreditam em Deus mas acreditam na matéria existente ou no invisível provado pela ciência. Neste texto das Escrituras sagradas Jó ao se defender de seus acusadores declara como a própria natureza que é tanto defendida pelos materialistas por sua existência depõe a favor da existência de Deus - Mas, pergunta agora às alimárias, e cada uma delas te ensinará; e às aves dos céus, e elas te farão saber; - Ou fala com a terra, e ela te ensinará; até os peixes do mar te contarão. - Quem não entende, por todas estas coisas, que a mão do SENHOR fez isto? - Na sua mão está a alma de tudo quanto vive, e o espírito de toda a carne humana.

TERÇA – SALMOS.14:1, A LOUCURA DOS NÉSCIOS

Tanto Salmo 14:1 quanto Salmo 53:1 afirmam: "Diz o insensato no seu coração: Não há Deus."

Alguns tomam esses versículos para indicar que os ateus e materialistas são estúpidos, ou seja, não possuem inteligência.

No entanto, esse não é o significado da palavra hebraica traduzida como "insensato".

Neste texto, a palavra hebraica é nabal, que se refere mais a um "tolo moral", ou seja, alguém sem moral.

O significado do texto não é que "as pessoas que não são inteligentes não acreditam em Deus." Pelo contrário, o significado do texto é que "pessoas imorais não acreditam em Deus."

Muitos ateus e materialistas são muito inteligentes.

Não é a inteligência, ou a sua falta, que leva uma pessoa a rejeitar a crença em Deus.

É uma falta de moral que leva uma pessoa a rejeitar a crença em Deus.

As pessoas não rejeitam a ideia da existência de um Ser Criador.

Em vez disso, as pessoas rejeitam a ideia da existência de um ser criador que exige moralidade da Sua criação.

No entanto, a fim de limpar suas consciências e aliviar-se da culpa, as pessoas rejeitam a ideia de Deus como a única fonte da moralidade absoluta.

Isso permite que tanto ateus como materialistas vivam como quiserem

Tão moralmente ou imoralmente como desejam- com nenhum sentimento de culpa por sua recusa em prestar contas a Deus.

QUARTA – LUCAS.12:19-21, O MATERIALISMO NÃO ENRIQUECE

Um homem rico morreu e deixou uma herança para ser repartida por dois filhos,

Porem um dos irmãos estava sendo enganado e foi procurar Jesus para resolver sua situação.

Esta sena serviu para que Jesus ensinasse uma gloriosa lição.

Ele contou uma história de um homem rico que sua fortuna havia sido duplicada levando este homem a se esquecer de uma vez por todas que sua alma precisava ser liberta da avareza.

Esse homem rico se preocupou tanto com sua riqueza que chegou a dizer para sua alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga,

E assim como Balaão teve que ouvir a voz de Deus para ser despertado do erro que estava cometendo por causa da ganancia em ter muito dinheiro,

Esse homem também ouviu uma voz Divina que veio do céu aos seus ouvidos: Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?

Veja que o materialismo não enriquece porque a maior e verdadeira riqueza do homem é a salvação espiritual da sua alma,

Jesus disse: de que vale o homem ganhar toda riqueza do mundo e perder sua alma.

De que vale o homem ser rico neste mundo e ser pobre diante de Deus.

No final Jesus conclui esta lição dizendo: Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.

QUINTA – LUCAS.12:19-21, O MATERIALISMO PROMOVE A INDIFERENÇA

Nesse texto a indiferença pode ser definida; No estado daquele que não possui qualquer preocupação de ordem moral ou religiosa.

A preocupação deste homem estava somente concentrada nas suas riquezas como que se tivesse assegurando seu futuro na terra

Essa é força expressiva da filosofia materialista, garantir seu futuro na terra acumulando as riquezas terrenas,

No entanto devemos proclamar com toda nossa força com a ajuda do Espírito Santo

Que a maior segurança do homem é viver a vida conforme o propósito que Deus tem para nós,

É priorizar as coisas celestes, e pensar em primeiro lugar nas coisas de cima,

SEXTA – JOÃO.20:29, FELIZES SÃO OS QUE CREEM

Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus.

Os outros discípulos disseram-lhe: Vimos o Senhor. Mas ele replicou-lhes:

Se não vir nas suas mãos o sinal dos pregos, e não puser o meu dedo no lugar dos pregos, e não introduzir a minha mão no seu lado, não acreditarei!

Oito dias depois, estavam os seus discípulos outra vez no mesmo lugar e Tomé com eles.

Estando trancadas as portas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse: A paz esteja convosco!

Depois disse a Tomé: Introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé.

Respondeu-lhe Tomé: Meu Senhor e meu Deus! Disse-lhe Jesus: Creste, porque me viste. Felizes aqueles que creem sem ter visto!

SÁBADO – 2ªCORINTIOS.4:18 – ATENTANDO NO QUE NÃO SE VÊ

    Eliseu, o profeta, pediu a Deus em favor de seu ajudante: Senhor, abre-lhe os olhos, para que veja que mais são os que estão conosco do que os que estão com eles”.

    Jesus perguntou a Seus discípulos quando estava sendo preso: Ou não creem que se eu pedisse meu Pai não enviaria legiões de anjos?”

    Também é Jesus quem diz: Eu vi Satanás cair do céu como um relâmpago!   

E, na mesma toada, vêm dezenas de outros textos, tanto da Antiga Aliança quanto da Nova, todos garantindo que entre nós e o que vemos, existem milhares de forças e poderes invisível

    Desse modo, percebemos apenas uma porção extremamente pequena da realidade, da qual somos quase totalmente ignorantes,

 Sobretudo, da realidade invisível, a qual somente pode ser acessada pela fé, que tem mais vida que o mundo visível

 Sei que estou sendo visto o tempo todo, por anjos e demônios. Não os vejo, mas sei que existem

    Jesus e Paulo viam muito mais o mundo que não se vê do que o mundo que se vê.

    Não é possível ler o Novo Testamento e continuar não aceitando que a fé em Jesus é cheia de seres invisíveis, de lutas, de confrontos e de socorros espirituais.

    Quem pensa que lida apenas com o que vê, faz-se presa fácil de tudo que não se vê.

    Daí Paulo dizer que nossa luta maior não é contra o que se vê, mas contra o que se não vê,

E o que não se vê, se manifesta de modo perversamente organizado no mundo, na forma de Principados, Potestades, Poderes, Tronos, e Soberanias diversas...

A maioria prefere crer que o mundo é feito, em seus maiores poderes; de homens que se vê

 Quem dera nossos olhos se abrissem para vermos tudo o que está a acontecer  nas regiões invisíveis...

    A grande especialidade desses seres espirituais da maldade, quando são hostis, é distrair a nossa existência em relação ao que seja o real sentido de viver pela fé

O propósito de adorar a Deus aqui na terra e para sempre na eternidade

    Ora, Jesus disse que eles não somente influenciam, mas também disse que eles podem habitar mentes e possuir pessoas, que, pela entrega, tornam-se um com tais forças...

    É por esta razão que o convite é para que se ponha o capacete da salvação, se vista a couraça da Justiça de Jesus, se calce os pés com o Evangelho da paz, se empunhe a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus, e que se tenha sempre o escudo da Fé, com qual se pode apagar as setas inflamadas e envenenadas desses poderes hostis; e isso sempre vestindo a verdade como roupa intima do ser.

    Quem não tiver tais percepções não sobreviverá nos dias maus que se avizinham do mundo.

Partilhe! Obrigado.


Vamos iniciar o 3º Trimestre de 2019 Na EBD, A Maior Escola Do Mundo; Seja Bem Vindo

Nosso Compromisso com Deus e Com as Pessoas é Ensinar e Transmitir Informações das Santas Escrituras

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e feito mais sublime do que os céus.” (Hebreusb 7.26)

EBD Escola Bíblica Dominical 2º Trimestre 2019 Lição 11

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

Deus Criou um Sistema de Sacrifícios para os Israelitas, Indicando que Jesus Cristo Seria o Supremo Sacrifício; Ele Pagaria de Uma Vez por Todas, Morrendo Uma Só Vez Pelo Pecado do Mundo

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

A Arca da Aliança era de Madeira de Acácia, Revestida de Ouro; O Ouro Simbolizava a Divindade de Cristo e a Madeira Simbolizava a Humanidade de Cristo, Portanto em Geral A arca da Aliança Era a Presença de Deus Entre os Israelitas

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Valdemar Quaglio