Lição None

Leitura Diária da Escola Dominical 3ºtrim Lição 9 para Jovens Hedonismo, Um Perigo do Nosso Tempo

Confrontando o Hedonismo com as Santas Escrituras


Lições bíblicas
Arquivo
Partilhe! Obrigado.

LEITURA DIÁRIA DA ESCOLA DOMINICAL EBD 3º TRIM LIÇÃO 9 HEDONISMO, UM PERIGO DO NOSSO TEMPO (PARA JOVENS)

O que é Hedonismo:

Hedonismo consiste em uma doutrina moral em que a busca pelo prazer é o único propósito da vida.

A palavra hedonismo vem do grego hedonikos, que significa "prazeroso", já que hedon significa prazer.

Como uma filosofia, o hedonismo surgiu na Grécia e teve Epicuro e Aristipo de Cirene como alguns dos nomes mais importantes.

Esta doutrina moral teve a sua origem nos cirenaicos (fundada por Aristipo de Cirene), epicuristas antigos.

O hedonismo determina que o bem supremo, ou seja, o fim último da ação, é o prazer.

Neste caso, "prazer" significa algo mais que o mero prazer sensual.

Os utilitaristas ingleses (Bentham e Stuart Mill) foram os continuadores do hedonismo antigo.

Em muitas ocasiões o hedonismo é confundido com o epicurismo.

No entanto, existem algumas diferenças entre eles, sendo que Epicuro criou o epicurismo com o objetivo de aperfeiçoar o hedonismo.

O epicurismo tem como um dos objetivos a ausência da dor, e por isso o prazer tem um papel mais passivo, e o indivíduo deve renunciar a coisas que possam originar dor e sofrimento.

No caso do hedonismo, a busca pelo prazer é aconselhada de forma intensa, levando também em conta os prazeres sexuais.

Como o hedonismo aborda a busca excessiva pelo prazer como o propósito mais importante da vida, muitas religiões a repudiam,

Pois consiste em uma doutrina que entra em choque com a doutrina de muitas igrejas.

Hedonismo ético e psicológico

O hedonismo pode ser dividido em duas categorias: hedonismo ético e hedonismo psicológico.

O hedonismo psicológico tem como fundamento a noção que em todas as ações, o ser humano tem a intenção de obter mais prazer e menos sofrimento,

E essa forma de viver é a única coisa que fomenta (INCENTIVA OU ESTIMULA) a ação humana.

Por outro lado, o hedonismo ético tem como princípio o facto de o homem contemplar o prazer e os bens materiais como as coisas mais importantes das suas vidas

 Hedonismo cristão

Às vezes uma ilustração vale mais que mil palavras de uma definição abstrata.

Então, em vez de lhe dar uma definição precisa do hedonismo cristão,

Vamos começar dando alguns exemplos bíblicos dele.

Davi aconselha o hedonismo cristão quando ele recomenda, “Agrada-te do Senhor; e ele satisfará os desejos do teu coração” ( Salmo 37:4 ).

E ele demonstra a essência do hedonismo cristão quando ele exclama, “Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma.

A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo” ( Salmo 42: 1-2 ).

Moisés foi um hedonista cristão de acordo com Hebreus 11: 24-27) Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, - Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado; - Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. - Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível.

Porque ele recusou os “prazeres transitórios” do pecado, mas “considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, Ele contemplava o galardão.”

Os santos eram hedonistas cristãos, Hebreus.10:33,34 Em parte fostes feitos espetáculo com vitupérios e tribulações, e em parte fostes participantes com os que assim foram tratados. - Porque também vos compadecestes das minhas prisões, e com alegria permitistes o roubo dos vossos bens, sabendo que em vós mesmos tendes nos céus uma possessão melhor e permanente.

 Eles escolheram ariscar suas vidas para visitar prisioneiros cristãos

Também aceitaram com alegria o espólio de seus bens sabendo que eles mesmos tinham um patrimônio melhor e durável.

O apóstolo Paulo recomendou o hedonismo cristão quando ele disse em Romanos 12:8:Quem exerce misericórdia, que faça com alegria.”

E Jesus Cristo, o autor e consumador da nossa fé, estabeleceu o maior padrão para o hedonismo cristão

Porque “se deleitou no temor do Senhor” (Isaías 11:3), e em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz,

Não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus ( Hebreus 12:2 ).

O hedonismo cristão ensina que o desejo de ser feliz é dado por Deus e não deve ser negado ou resistido, mas direcionado a Deus para satisfação.

O hedonismo cristão não diz que qualquer coisa que lhe dá prazer é boa.

Deus  mostra o que é bom, e faze-lo, há de lhe trazer alegria ( Miquéias 6:8 ).

E desde que fazer a vontade de Deus há de lhe trazer alegria, a busca pela alegria é uma parte essencial de todo esforço moral.

O hedonismo cristão afirma que os santos mais piedosos de todas as eras não encontraram nenhuma contradição

Pelo fato de dizerem: Por um lado “Somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro” (Romanos 8:36),

E por outro lado, Alegrai-vos sempre no Senhor, outra vez digo: alegrai-vos Filipenses 4:4

O hedonismo cristão não se junta a cultura da auto-gratificação que lhe faz escravo de seus impulsos pecaminosos.

O hedonismo cristão manda que não sejamos conformados com este século, mas que sejamos transformados pela renovação das nossas mentes

Romano 12:2 para que possamos sentir prazer em fazer a vontade de Deus

De acordo com o hedonismo cristão a alegria em Deus não é a cobertura opcional no bolo do cristianismo.

Pensando bem, alegria em Deus é parte essencial da fé salvadora

A base do hedonismo cristão: é a felicidade de Deus em nossa vida diária

Podemos sustentar três observações das Escrituras:

1) Deus é feliz porque tem prazer nele mesmo. 2) Deus é feliz porque é soberano. 3) A felicidade de Deus é a base do hedonismo cristão porque transborda em misericórdia para nós.

Deus tem prazer nele mesmo

ISAIAS.48:9-11 Por amor do meu nome retardarei a minha ira, e por amor do meu louvor me refrearei para contigo, para que te não venha a cortar. - Eis que já te purifiquei, mas não como a prata; escolhi-te na fornalha da aflição. - Por amor de mim, por amor de mim o farei, porque, como seria profanado o meu nome? E a minha glória não a darei a outrem.

Portanto Deus é Feliz e tem prazer nele mesmo. A prova disso é que ele tinha prazer em seu filho que era a sua natureza refletida

Hedonismo é a busca pelo prazer, ou viver pelo prazer

Mas, o único motivo da simplicidade cristã é a satisfação na própria pessoa de Deus

Assim, quando faço uso da junção das palavras "hedonismo" e "Cristão", tenho em mente a seguinte implicação:

​Cada alegação de verdade feita sob a bandeira do Hedonismo Cristão, precisa estar solidamente enraizada nas Escrituras Cristãs, (A Bíblia).

A Bíblia ensina que o objetivo final do homem é glorificar a Deus satisfazendo-se NELE.

Quando eu decido em seguir a Cristo e transformo a minha vida de prazer na carne, para agora satisfazer o Espírito com a intenção de dar prazer a Deus

Agora oferecendo meu corpo e mente para adora-lo

Romanos.12:1,2 ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. - E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

O Hedonismo é o conceito do mal quando o propósito da vida de um homem é o prazer em satisfazer os desejos da carne, seus frutos pecaminosos destrói sua alma e mortifica seu espírito,

O Hedonismo pode ser um conceito para o bem quando o propósito de vida for o prazer em agradar a Deus a fim de viver a eternidade

Desejar Deus é bíblico, mas incorporando a minha felicidade em princípio não é

 Nós não discutimos uma ênfase em desejar a Deus. Somos exortados a nos regozijar no Senhor.

O amamos com todo o nosso coração, alma, força e mente.

O amamos tão fervorosamente que o nosso amor por qualquer outra pessoa ou coisa parece ser um aborrecimento (Lucas 14:26).

Deus é a minha rocha, minha fortaleza, meu libertador, minha força, meu escudo, a força da minha salvação, minha torre forte.

Não, não há absolutamente nada de errado em desejar a Deus, e na verdade não o desejamos na medida certa.

Essa é a finalidade para a qual fomos criados, é a própria essência da vida humana.

O que rejeitamos é ligar a nossa felicidade diretamente com a busca de Deus, porque a Bíblia não menciona isso.

Buscar a Deus para ser feliz é abraçar a doutrina Hedonista cristã, pois somos felizes porque já temos Deus em nosso coração, mesmo em meio as aflições

Leitura diária de Segunda - Lucas.17:26-28 – E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. - Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.

O Prazer como bem Supremo – O prazer do povo que viveram antes do dilúvio era a comida a bebida, o desprezo da moralidade e também a sede insaciável pela violência

Leitura Diária de Terça – 2ª Pedro.2:13 – Recebendo o galardão da injustiça; pois que tais homens têm prazer nos deleites quotidianos; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em seus enganos, quando se banqueteiam convosco; - Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição;

O Prazer como Finalidade da vida – Quando os homens fundamentam sua vida no prazer da imoralidade, do engano e das injustiças, satisfazendo sua carne com os prazeres da pecaminosidade, receberão como premio o galardão da injustiça. Pois as obras da carne mancha o carater de todo aquele que se deleita em suas práticas,

Leitura Diária de Quarta – Provérbios.21:17 – O que ama os prazeres padecerá necessidade; o que ama o vinho e o azeite nunca enriquecerá.

Os Prazeres – O desejo do prazer por uma vida permissiva leva os homens a satisfazerem sua carne. A satisfação deste prazer tem um alto preço; a pobreza material e o sepultamento espiritual. O vinho é usado aqui para simbolizar a alegria em satisfazer os desejos carnais, o azeite aqui é descrito para simbolizar a ganancia e a cobiça exacerbada pelas riquezas terrenas

Leitura Diária de Quinta – Eclesiastes.2:1 – DISSE eu no meu coração: Ora vem, eu te provarei com alegria; portanto goza o prazer; mas eis que também isso era vaidade.

Cedendo ao Prazer A Satisfação em se entregar para uma vida de prazeres carnais são atitudes escolhidas pelo próprio homem, como também a escolha em satisfazer o Espírito Santo com o prazer em se deleitar nas coisas de Deus

Leitura Diária de Sexta – Hebreus.11:25 - Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado;

Desprezando o Prazer – Vemos aqui o prazer do pecado e o prazer de estar perto de Deus. Os ataques do diabo são mais intensos quando escolhemos chegarmos próximos a Deus, no entanto desfrutar do prazer da presença de Deus em nossa vida nos impulsiona a vencermos qualquer tipo de combate. Quantos escolhem segundos de prazer da carne nesta vida passageira. Jesus nos ensinou a vencer como ele venceu, e Paulo disse no fim da sua vida que combateu o bom combate, sem falar nos mártires que por uma vida eterna de prazer em estar na presença de Deus entregaram –se a morte

Leitura Diária de Sábado – Salmos.1:2 - Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

O Prazer do Justo – Enquanto as obras da carne satisfazem homens injustos e sem Deus, o que agrada ao Senhor é vivido pelo justo. Mas, é conhecendo as sagradas escrituras que descobrimos como viver em Paz; e viver uma vida de paz só é possível no prazer da prática da Palavra de Deus

Partilhe! Obrigado.


A RAÇA HUMANA; Origem, Queda e Redenção

Comentarios do Pastor Claudionor de Andrade

Valdemar Quaglio


EBD 4º TRIMESTRE 2019

EBD 4º TRIMESTRE 2019

O Governo Divino em Mãos Humanas

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


A Mordomia da Adoração

A Mordomia da Adoração

Nossa Adoração a Deus Deve Chegar ao Trono da Graça Como Cheiro Agradável (VEJA O VÍDEO CLICANDO AQUI)

A Mordomia Da Adoração

Valdemar Quaglio


EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

O Cristão Deve Valorizar a Igreja Local Como Ambiente de Adoração, Comunhão e Serviço ao Reino de Deus

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio