Lição 5

Leitura Diária - A Identidade do Espírito Santo

O Espírito Santo é Deus.Ele é a 3ªPessoa da Tirndade; Quanto ao Pecado tem Função de Convencer o Homem que é Pecador, Também ensina-o o Caminho da Salvação e o Santifica para Viver a Eternidade no Céu


Lições bíblicas
Arquivo
Partilhe! Obrigado.

LEITURA DIÁRIA DA ESCOLA DOMINICAL, LIÇÃO 5 – A IDENTIDADE DO ESPÍRITO SANTO

SEGUNDA; MATEUS.28:19 – O ESPÍRITO SANTO É DEUS. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Há muitos conceitos errôneos sobre a identidade do Espírito Santo.

Alguns veem o Espírito Santo como uma força mística.

Outros entendem o Espírito Santo como sendo um poder impessoal que Deus disponibiliza aos seguidores de Cristo.

O que diz a Bíblia a respeito da identidade do Espírito Santo?

Colocando de forma simples – a Bíblia diz que o Espírito Santo é Deus.

A Bíblia também nos diz que o Espírito Santo é uma Pessoa, um Ser com mente, emoções e uma vontade.
O fato do Espírito Santo ser Deus é claramente visto em muitas Escrituras. Em uma passagem, Pedro confronta Ananias por que ele tinha mentido para o Espírito Santo, e a ele diz “não mentiste aos homens, mas a Deus”.

ATOS.5:3,4 - Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?

Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.

É uma declaração clara de que o Espírito Santo é Deus

Podemos também saber que o Espírito Santo é Deus porque Ele possui os atributos ou características de Deus.

A onipresença do Espírito Santo é vista em Salmos 139:7-8: “Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.”

Vemos a característica de onisciência do Espírito Santo:ICORINTIOS.2:10Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.”
Podemos saber que o Espírito Santo é mesmo uma Pessoa porque Ele possui uma mente, emoções e vontade.

O Espírito Santo pensa e sabe I Coríntios 2:11Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.

O Espírito Santo se entristecer Efésios 4:30. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus...

O Espírito Santo intercede por nós Romanos 8:26 - E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.


O Espírito Santo toma decisões de acordo com Sua vontade I Coríntios 12:7-11

O Espírito Santo é Deus, a terceira “Pessoa” da Trindade.

Como Deus, o Espírito Santo pode verdadeiramente agir como Consolador que Jesus prometeu que ele seria João 14:16,26 - …E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador,…Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome,…

TERÇA –O ESPÍRITO SANTO É SENHOR, 2CORINTIOS.3:6,17 – Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade

Senhor é um título de honra, de veneração; Portanto se o Espírito Santo é uma Pessoa Divina assim como a Pessoa do Pai e a Pessoa do Filho e a estes devemos teme-los e honra-los, também o Espírito Santo é digno desta veneração. Assim o Espírito Santo é Deus e é Senhor

Atos.13:2 - E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.

QUARTA – O ESPÍRITO SANTO CONVENCE DA JUSTIÇA DO JUISO E DO PECADO

JOÃO.16:8. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.


JESUS, que havia reunido os discípulos, falava do que aconteceria naqueles dias vindouros.

A missão que o Pai lhe confiara estava prestes a terminar e era necessário que JESUS voltasse para Aquele que o havia enviado

JESUS enfatiza que o Consolador viria para continuar o plano da redenção do homem, planejado por DEUS.

E JESUS destaca que o Espírito Santo convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.

E o Espírito Santo de DEUS veio, conforme a palavra de JESUS, e foi derramado em Jerusalém Atos 2:1-5

Quem, por mais puro que possa ser, pode convencer o homem do pecado?

O pecado está ligado à natureza humana, desde a queda.

O pecado ronda, ataca e destrói todo aquele que é seu servo.

O homem, além de não admitir seu pecado, faz a vontade da carne. E a concupiscência da carne leva a morte Tg 1:14-15

Então há necessidade que uma pessoa (O Espírito Santo de DEUS é uma pessoa) com poder sobrenatural intervenha a favor daqueles que querem, e não conseguem por si só, abandonar o pecado.

O Espírito Santo, tem a capacidade de apontar os pecados e libertar o homem para DEUS.

Qual o advogado ou juiz, por mais sábio que seja, pode convencer o homem da justiça?

Quantas vezes lemos, ou vemos nos jornais televisivos, a respeito desses profissionais envolvidos em escândalos

E isso já existia nos tempos de JESUS aqui na terra,

Basta ler sobre os principais do povo que, praticando injustiças, enganavam as pessoas e queriam matar o SENHOR (Lc 19:47).

A injustiça opera no mundo em grande escala.
Então como convencer o homem da justiça, num mundo injusto?

Impossível para o homem, mas possível para DEUS através do Seu Espírito Santo.

A justiça de DEUS está entre nós, aqueles que o servem através da aceitação de JESUS. E no tempo certo, o SENHOR dará a resposta para os injustos.
As pessoas estão acostumadas a ver o pecado e a injustiça operando a favor do juízo desse mundo que jaz no maligno, 1João 5:19. Será que o homem consegue cumprir o juízo de Deus?

O homem sozinho não consegue, mas debaixo da autoridade do Espírito Santo é possível.
Amados, temos um poderoso aliado da parte de DEUS: O Seu Espírito Santo

E esse poderoso e invencível Espírito Santo está ao nosso lado nos ouvindo e intercedendo com gemidos inexprimíveis, junto a DEUS.
Que possamos a cada manhã, a cada tarde, a cada noite nos entregar para esse poderoso Espírito Santo. E que a cada minuto, a cada segundo Ele nos renove em JESUS.
O pecado e a injustiça do mundo serão punidos, severamente, pelo juízo de DEUS naquele grande dia. O dia do SENHOR!

QUINTA – O ESPÍRITO SANTO REGENERA. TITO.3:5 Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,

Uma outra palavra para regeneração é "renascimento",

Relacionada à outra frase bíblica “nascido de novo”.

O nosso renascimento se difere do nosso primeiro nascimento, quando fomos concebidos fisicamente e herdamos a nossa natureza pecaminosa.

O novo nascimento é um nascimento espiritual, santo e celestial que resulta em nós sendo vivificados espiritualmente.

A regeneração é uma mudança radical.

Assim como o nascimento físico resultou em um novo indivíduo entrando no reino da terra, o nosso nascimento espiritual resultou uma nova pessoa entrando no reino celestial Efésios 2:6 E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

Após a regeneração, começamos a ver, ouvir e buscar coisas divinas, começamos a viver uma vida de fé e santidade.

Agora Cristo está formado nos corações; agora somos participantes da natureza divina, tendo sido feitos novas criaturas (2 Coríntios 5:17).

O Espírito Santo e não o homem, é a fonte dessa transformação (Efésios 2:1, 8).

O grande amor e dom gratuito de Deus, a Sua rica graça e misericórdia abundante, são a causa do renascimento.

O grande poder de Deus - o poder que ressuscitou Cristo dentre os mortos – é demonstrado na regeneração e conversão de pecadores através da atuação do Espírito Santo (Efésios 1:19-20).

A NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO

Em João 3:3 e 5, nosso Senhor afirma claramente que a regeneração é necessária para a salvação.

O homem não só precisa de perdão para que tenha comunhão com Deus, mas também de uma natureza renovada.

O homem caído é natural (I Cor 2:14), sensual (Judas 19) e carnal (Rom 8:5-7), o oposto ao espiritual (I Cor 2:15).

Cristo revela que há uma distinção imutável entre o que é nascido da carne e o que é nascido do Espírito.

A carne pode ser religiosa, refinada, educada e ter aparência moral, mas ainda é carne (João 3:6).

Cada parte do homem natural é corrompida pelo pecado. A sua mente é fechada para as coisas de Deus (I Cor 1:18; 2:14; Efés 4:18).

Seu coração está numa condição de inimizade contra Deus (Rom 8:7; Jer 17:9).

A sua vontade é livre somente para cumprir os desejos de uma natureza depravada (João 1:13; Rom 9:16; Fil. 2:13).

A carne torna-se completamente inútil para as coisas de Deus (João 6:63).

A NATUREZA DO NOVO NASCIMENTO

A mudança exigida pela alma do homem capacitando-o a entrar no reino de Deus é chamada "regeneração" (Tito 3:5), "nascer de novo" (João 3:3) ou "nascido do Espírito" (João 3:6).

A regeneração é uma obra instantânea do Espírito Santo pela qual uma disposição santa é dada à alma.

As afeições são renovadas pelo amor a Deus, e a mente é iluminada e capacitada para o entendimento do reino espiritual.

Assim como a mudança que acontecerá na terra durante o milênio é chamada regeneração (Mateus 19:28), o novo nascimento é a renovação da alma do homem.

O AGENTE NA REGENERAÇÃO

A regeneração não é produzida pelo batismo, pela vontade humana (João 1:13), ou qualquer outra obra, mas é uma obra específica de Deus na alma.

Assim como o vento é invisível e está fora do controle do homem esta obra não é produzida, controlada ou entendida pelo homem (João 3:8).

Esta obra é atribuída ao Espírito Santo, é uma ação instantânea e completa de Deus sobre a alma.

Mesmo que Deus venha a usar meios para salvar os homens, deve ser entendido que a própria regeneração não é um esforço conjunto.

A Bíblia apresenta o novo nascimento como imperativo e não como mandamento (João 3:3).

Agora estamos diante de uma importante pergunta sobre o lugar do evangelho na regeneração.

Qual é a parte exata que o evangelho tem nessa obra?

Alguns exageram ao ensinar que muitos são regenerados sendo que nunca ouviram o evangelho

Devemos entender primeiramente que mesmo a regeneração sendo uma obra direta de Deus sobre a alma do homem, pela sua natureza ela é feita em conjunto com o evangelho.

A regeneração produz fé, e a fé torna-se impossível sem o evangelho (Rom 10:17).

Como pode alguém crer num Salvador do qual nunca ouviu falar (Rom 10:14)?

A regeneração nos dá um coração de conhecimento e amor a Deus (Jer 24:7).

Se a regeneração não acontece em conjunto com a Palavra de Deus não há fé, amor, santidade, e nem o conhecimento espiritual pode ser produzido por ela.

Em I Tessalonicenses 1:4-5, encontramos Paulo dizendo aos crentes de Tessalônica que ele sabe da sua eleição pelo fato de o evangelho vir a ele em poder.

Por meio da regeneração Deus dá força ao evangelho abrindo os corações para recebê-lo (Atos 16:14).

Muitos daqueles que gastaram as suas vidas na igreja têm testemunhado que quando Deus os salvou eles se sentiram como se estivessem ouvindo o evangelho pela primeira vez.

Vejamos a regeneração como uma obra soberana e direta de Deus sobre a alma,

Mas não distorçamos as Escrituras com o ensinamento que as pessoas podem experimentá-la fora do evangelho.

O FRUTO DA REGENERAÇÃO

Como podemos saber se somos nascidos de novo ou meramente enganados?

Veremos algumas virtudes que a regeneração produz na alma.

Fé - é produzida instantaneamente pelo poder regenerador de Deus e assim simultânea à regeneração

Arrependimento - II Timóteo 2:25.

Amor a Deus - I João 4:19

Amor aos outros crentes e as almas perdidas - I João 4:7; 3:14.

Perseverança - Filipenses 1:6; I João 5:4,5.

SEXTA – O ESPÍRITO SANTO FALOU POR MEIO DOS PROFETAS E APÓSTOLOS

2PEDRO.1:21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.

O Espírito Santo possui todas as características de uma pessoa e é um dos membros da divindade.

Já se começa a ler a Bíblia e se percebe que o Espírito Santo é uma pessoa que trabalha unida a Deus Pai

O Pai, o Filho e o Espírito Santo desempenharam, cada um, um papel na criação (Gênesis 1:1-2; João 1:1-3; Colossenses 1:16

Uma das funções principais do Espírito Santo no projeto divino de redenção é a obra de revelar e confirmar a mensagem de Deus ao homem.

Sem a obra do Espírito Santo, não seria possível que o homem se salvasse.

O que o homem pode aprender com Deus na criação material é importante, mas fica limitado; pois jamais alguém poderia saber a vontade de Deus apenas observando a criação.

Romanos 1:18-20

O Espírito Santo e o Antigo Testamento

Pedro informa-nos que a mensagem dos profetas do Antigo Testamento não teve origem nos próprios homens.

Os homens, segundo ele, foram "movidos pelo Espírito Santo" para falar 2 Pedro 1:20-21

Os profetas do Antigo Testamento foram movidos, orientados ou levados pelo Espírito Santo para dizerem exatamente o que Deus queria que dissessem e no exato momento que ele desejava.

Vários textos no Antigo Testamento declaram que o Espírito Santo participou ativamente na revelação da vontade de Deus naquela época.

Davi disse: "O Espírito do Senhor fala por meu intermédio, e a sua palavra está na minha língua" 2 Samuel 23:2

Após retornarem do exílio babilônico, os levitas recontaram em oração as bênçãos que o Senhor tinha dado a Israel. Eles diziam: "E lhes concedeste o teu bom Espírito para os ensinar. e testemunhaste contra eles pelo teu Espírito por intermédio dos teus profetas"

Neemias 9:20, 30

O Espírito Santo e o Novo Testamento
Na noite anterior à crucificação, Jesus informou os apóstolos que retornaria ao céu e pediria ao Pai que lhes enviasse o Espírito Santo para servir-lhes de guia João 14-16. Ele disse: "O Espírito da verdade. Vos guiará a toda a verdade" João 16:13. Será que essa promessa foi cumprida? Os escritores do Novo Testamento afirmaram reiteradas vezes que sim.

Paulo disse que o mistério "em outras gerações, não foi dado a conhecer aos filhos dos homens, como, agora, foi revelado aos seus santos apóstolos e profetas, no Espírito".

Ele afirma ter escrito o que foi revelado e podia ser entendido pelos santos (Efésios 3:3-5).

Paulo disse que os dominadores deste século não entendiam a sabedoria de Deus.

Aliás, segundo ele, as coisas que Deus preparou para o homem nem mesmo tinham entrado no coração do homem.

Ele disse que "Deus no-lo revelou pelo Espírito; porque o Espírito Santo a todas as cousas perscruta, até mesmo as profundezas de Deus" (1 Coríntios 2:10).

Paulo ressaltava que as palavras que ele proferia eram "ensinadas pelo Espírito Santo"

1 Coríntios 2:13

Esses versículos deixam claro que o Espírito Santo havia então revelado a vontade de Deus ao homem.

Outras referências mostram que a revelação está completa. 2 Timóteo 3:16-17; 2 Pedro 1:3-4; Judas 3.

O ESPÍRITO SANTO SEPAROU A SAULO E BARNABÉ PARA A OBRA MISSIONÁRIA. ATOS.13:2

SABADO – O ESPÍRITO SANTO É O CONSOLADOR

JOÃO.16:13, Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há-de vir.

OS NOMES DO ESPIRITO SANTO

Na intimidade que as três pessoas da Trindade mantêm, constatamos o carinho que Jesus

Cristo dispensa ao Espírito Santo.

Além de chamá-Lo de Espírito Santo, Jesus o chama de o Consolador e o Espírito da Verdade.

O Consolador

Jesus chama o Espírito de o "Consolador" - Parakletos, no grego (Jo 14.16, 25; 15.26; 16.7).

A palavra grega traduzida por "Consolador" ou "Auxiliador" era usada na linguagem jurídica para o advogado de defesa, isto é, alguém que ajudava ou apoiava um réu.

O Espírito Santo é o Consolador, alguém que está conosco e ao nosso lado para nos ajudar.

Lucas registra que a Igreja caminhava no conforto do Espírito Santo (At 9.31).

No ministério de confortar e encorajar o cristão, o Espírito derrama amor divino no coração (Rm 5.5),

Testemunha que são filhos de Deus (Rm 8.16), unge com alegria e discernimento (2 Co 1.21),

Derrama paz e esperança na mente e no coração (Rm 15.13), concede alegria na luta (Rm 14.17),

Assiste na fraqueza (Rm 8.26), produz a frutificação espiritual (Gl 5.22) e capacita para o serviço (1 Co. 12.11)

O Espírito da Verdade

Jesus usa outro nome: "o Espírito da Verdade" (Jo 14.17; 16.13).

Há um duplo significado: o Espírito é a essência da verdade e quem revela aquilo que é verdadeiro.

Por isso João testifica o Espírito Santo é a verdade (1 Jo 5.6).

Ele é o autor divino das Escrituras (2 Pe 1.20-21), a verdade escrita (Jo 17.17); Ele dá conhecimento da verdade salvadora que é Jesus Cristo (Jo8.32,36).

Não existe. a possibilidade humana de conhecer as verdades de Deus senão pelo Espírito Santo.

Uma mentira contra o Espírito Santo foi instantaneamente punida com a morte (At.5.1-11).

O Espírito Santo

Deus é santo ou santíssimo e esta santidade é natural das três pessoas da Trindade (1 Pe 1.16).

Jesus qualifica o Espírito de Santo (Jo 14.26). Por que Ele é chamado o Espírito Santo?

Primeiro, por causa da sua natureza santa e perfeita (1 Jo 2.20).

Segundo, por causa do seu ministério que é o de produzir santidade.

Seguramente, a explicação consiste em que é Sua obra especial produzir santidade e ordem em tudo o que Ele faz na aplicação da obra salvadora de Cristo.

Partilhe! Obrigado.


A RAÇA HUMANA; Origem, Queda e Redenção

Comentarios do Pastor Claudionor de Andrade

Valdemar Quaglio


EBD 4º TRIMESTRE 2019

EBD 4º TRIMESTRE 2019

O Governo Divino em Mãos Humanas

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


A Mordomia da Adoração

A Mordomia da Adoração

Nossa Adoração a Deus Deve Chegar ao Trono da Graça Como Cheiro Agradável (VEJA O VÍDEO CLICANDO AQUI)

A Mordomia Da Adoração

Valdemar Quaglio


EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

O Cristão Deve Valorizar a Igreja Local Como Ambiente de Adoração, Comunhão e Serviço ao Reino de Deus

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio