Lição 7

Leitura Diária - A Necessidade do Novo Nascimento

Nascer de Novo, Regeneração, Renovação, Transformação e Novo Nascimento são Sinónimos de Quem Nasce da Agua e Do Espírito Através da Fé em Jesus Cristo


Lições bíblicas
Arquivo
Partilhe! Obrigado.

LEITURA DIÁRIA DA ESCOLA DOMINICAL 3º TRIM LIÇÃO 7 ANECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO

SEGUNDA JOÃO 3:3-8 Jesus respondeu, edisse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo,não pode ver o reino de Deus.

O NOVO NASCIMENTO É NASCER DO ESPÍRITO

Nascer da água:

Jesus aqui usa um elementoque nos aponta para a purificação.

A água tem esse forte apelopurificador, lavador.

Nicodemos precisaria serlavado, purificado de seus pecados e pensamentos errados.

A água também pode ter sido usadaaqui por Jesus para trazer à memória a pregação de João Batista,

Ele era enfático daimportância do arrependimento antes de receber o batismo (água) como símbolodaquilo que já havia acontecido no coração da pessoa.

O arrependimento e,consequentemente, a purificação dos pecados, era um pré-requisito importantepara fazer parte do reino de Deus.

Nascer do Espírito:

O Espírito Santo é aquele quetoca em nosso coração.

Jesus exemplificou de umaforma impressionante: “O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabesdonde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito” (João 3:8).

O Espírito Santo impactanosso coração, mostra nosso erro, nos provoca, trabalha em nós.

Assim temos as condições deresponder a essa ação com o nosso arrependimento

Sem nascer do Espíritoninguém consegue se arrepender, pois está totalmente preso a uma naturezacarnal pecaminosa.

O Espírito Santo nos dá apossibilidade de vencermos essa natureza, de nascermos de novo para uma novavida, agora com Deus.

O que temos aqui é o ensinoprofundo de Jesus sobre a obra de salvação.

Não depende de nossas obras,é graça de Deus (Efésios 2:8-9).

Deus nos capacita a responderao Evangelho. Nascemos de novo.

Nosso espírito se renova,somos perdoados, somos transformados e experimentamos o poder de Deus.

Nos transformamos emdiscípulos, em seguidores de Jesus Cristo.

Era essa ênfase poderosa queJesus expôs a Nicodemos quando lhe disse que era necessário nascer da água e doEspírito

TERÇA 2ªCORINTIOS 5:17 Assim que, se alguémestá em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo sefez novo.

A FÉ SALVÍFICA FAZ DOPECADOR UMA NOVA CRIATURA EM CRISTO JESUS

Fé não é mero conhecimento. “Zaqueu, Nicodemos,Cornelio”

Obviamente, para crer énecessário conhecimento (Rm 10.13,14).Porque todo aquele que invocar onome do SENHOR será salvo. - Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? ecomo crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?

Todavia, apenas oconhecimento dos fatos históricos a respeito de Jesus não é suficiente para queisso seja categorizado como aquela fé que conduz o homem à salvação.

Os próprios demônios conheceme até crêem que Deus existe, mas não se submetem a Ele.

Portanto, o mero conhecimentoteológico e histórico não significa fé verdadeira.

Fé não é mera admiração.

Admiração por Cristo semsujeição a Ele não tem valor algum. O homem rico, Pilatos,

Portanto, não significa féverdadeira.

Nicodemos reconheceu queJesus havia vindo de Deus a partir dos milagres operados por Ele (Jo 3.2).

Mas tal atitude nãosignificou genuína fé, uma vez que ele ainda não havia depositado sua confiançaem Jesus.

Por isso, Cristo ensinou-osobre a necessidade de nascer de novo e crer Nele (Jo 3.12).

Férelaciona-se com dependência.

Como ficou claro, a fégenuína não significa meramente acreditar nos fatos históricos a respeito deJesus ou a mera admiração acerca Dele.

Antes, é necessário confiançapessoal em Cristo e o reconhecimento de que dependemos Dele para nossasalvação.

É necessário também aconsciência de que eu necessito confiar em Cristo para receber a salvação, eEle é o único caminho para Deus, o único meio para a salvação”.

Sem fé é impossível agradar aDeus e, sem ela, não é possível ser salvo.

É preciso entender que a fénão se resume a mero conhecimento histórico e teológico do evangelho, tampoucoadmiração pelo seu conteúdo.

Fé caracteriza-se entender eaceitar que apenas Cristo pode nos conduzir a Deus, perdoar nossos pecados enos conceder a salvação

QUARTA ATOS 10:43 A este dãotestemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão o perdãodos pecados pelo seu nome.

O PERDÃO DOS PECADOS ESTÁ DISPONÍVEL ATODOS

O que é perdão e por que preciso?

Apalavra “perdão” significa limpar a conta, perdoar ou cancelar a dívida.

Quandoofendemos alguém, buscamos seu perdão para que o relacionamento sejarestaurado.

Perdãonão é dado porque alguém merece ser perdoado.

Ninguémmerece ser perdoado. Perdão é um ato de amor, misericórdia e graça.

Perdãoé uma decisão de não manter algo contra outra pessoa, apesar do que tenha lhefeito.

ABíblia nos diz que todos nós precisamos do perdão de Deus. Todos nós temoscometido pecados

Eclesiastes 7:20 proclama: “Não há homem justo sobre a face da terra que faça obem e que não peque.” 1 João 1:8 diz:“Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e averdade não está em nós.”

Nofinal das contas todo pecado é contra Deus.

Porisso, precisamos desesperadamente do perdão de Deus.

Senossos pecados não forem perdoados, passaremos a eternidade sofrendo as consequênciasde nossos pecados

Perdão – Como posso obter?

Graçasa Deus, Ele é bondoso e misericordioso, pronto para nos perdoar todos nossospecados! 2 Pedro 3:9 nos diz: “...Ele é longânimo para convosco, não querendoque nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.”

Deusdeseja nos perdoar, então ele providenciou nosso perdão.

Oúnico castigo justo pelos nossos pecados é a morte.

Aprimeira parte de Romanos 6:23declara: “Porque o salário do pecado é amorte...”

Morteeterna é o salário que merecemos por nossos pecados.

Deus,em Seu plano perfeito, tornou-se um ser humano — Jesus Cristo (João 1:1,14).

Jesusmorreu na cruz, pagando o preço que nós merecíamos pagar— morte.

2 Coríntios 5:21 nos ensina que: “Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que,nele, fôssemos feitos justiça de Deus.”

Jesusmorreu na cruz, levando sobre si o castigo que nós merecemos!

SendoDeus, a morte de Jesus providenciou perdão pelos pecados do mundo inteiro.

1 João 2:2 proclama: “E Ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossospróprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.”

Jesusressuscitou dos mortos, proclamando Sua vitória sobre o pecado e a morte ………1 Coríntios 15:1-28. Graças a Deus pelamorte e ressurreição de Jesus Cristo.

Asegunda parte de Romanos 6:23 diz:“...mas o dom gratuito de Deus é a vidaeterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.”

COMO RECEBEMOS O PERDÃO DE DEUS?

Vocênão pode conquistar o perdão de Deus.

Vocênão pode pagar pelo perdão de seus pecados contra Deus.

Vocêsó pode recebê-lo, por fé, através da graça e misericórdia de Deus.

QUINTA TITO 3:5 Não pelas obrasde justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvoupela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,

O NOVO NASCIMENTO SIGNIFICA REGENERAÇÃO

Onosso renascimento se difere do nosso primeiro nascimento, quando fomosconcebidos fisicamente e herdamos a nossa natureza pecaminosa.

Onovo nascimento é um nascimento espiritual, santo e celestial que resulta emnós sendo vivificados espiritualmente.

Ohomem em seu estado natural está "morto em seus delitos e pecados"até ser "vivificado" (regenerado) por Cristo. Isso acontece quandoele coloca a sua fé em Cristo (Efésios2:1). E VOS vivificou, estando vósmortos em ofensas e pecados,

A regeneração é uma mudança radical.

Assimcomo o nascimento físico resultou em um novo indivíduo entrando no reino daterra, o nosso nascimento espiritual resultou em uma nova pessoa entrando no reinocelestial (Efésios 2:6). E nos ressuscitou juntamente com ele e nosfez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

Apósa regeneração, começamos a ver, ouvir e buscar coisas divinas;

Começamosa viver uma vida de fé e santidade.

AgoraCristo está formado nos corações;

Agorasomos participantes da natureza divina, tendo sido feitos novas criaturas (2 Coríntios 5:17).

Deus,não o homem, é a fonte dessa transformação (Efésios 2:1, 8).

Ogrande amor e dom gratuito de Deus, a Sua rica graça e misericórdia abundante,são a causa do renascimento.

Ogrande poder de Deus - o poder que ressuscitou Cristo dentre os mortos – édemonstrado na regeneração e conversão de pecadores (Efésios 1:19-20).

Aregeneração é necessária. A carne humana pecaminosa não pode entrar na presençade Deus.

Emsua conversa com Nicodemos, Jesus disse duas vezes que o homem deve nascer denovo para ver o reino de Deus (João 3:3,7).

Aregeneração não é opcional, pois "O que é nascido da carne é carne; e oque é nascido do Espírito é espírito" (João 3:6).

Onascimento físico nos traz à terra; o renascimento espiritual nos leva ao céu.

Aregeneração faz parte do que Deus faz por nós no momento da salvação, somos selados(Efésios 1:14), adotados (Gálatas 4:5), reconciliados (2 Coríntios 5: 18-20),etc.

Aregeneração é quando Deus dá vida espiritual a uma pessoa, como resultado dasua fé em Jesus Cristo.

Antesda salvação, não éramos filhos de Deus (João1:12-13). Pelo contrário, éramos filhos da ira (Efésios 2:3; Romanos 5:18-20).

Antesda salvação, estávamos degenerados; depois da salvação, somos regenerados.

Oresultado da regeneração é a paz com Deus (Romanos 5:1), uma nova vida (Tito3:5; 2 Coríntios 5:17) e a filiação eterna (João 1:12-13; Gálatas 3:26).

Aregeneração começa com o processo de santificação através do qual nos tornamosas pessoas que Deus pretende que sejamos (Romanos8:28-30).

Oúnico meio de regeneração é pela fé na obra consumada de Cristo na cruz.

Nenhumaquantidade de boas obras ou de observância da lei pode regenerar o coração."visto que ninguém será justificado diante dele por obras da lei" …...(Romanos 3:20-22). Porisso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pelalei vem o conhecimento do pecado.- Mas agora se manifestou sem a lei a justiçade Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas; - Isto é, a justiça de Deuspela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não hádiferença.

SomenteCristo oferece uma cura para a depravação total do coração humano.

Nãoprecisamos de uma renovação, reforma ou reorganização; precisamos derenascimento.

SEXTA 2 Coríntios 5:18-19Ora, tudoprovém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deuo ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliandoconsigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confioua palavra da reconciliação.”

FOMOS RECONCILIADOS COM DEUS PELA MORTEDE JESUS

ABíblia diz que Cristo nos reconciliou com Deus (Romanos 5:10; 2 Coríntios 5:18;Colossenses 1:20-21).

Ofato de que precisávamos de reconciliação significa que nosso relacionamentocom Deus estava quebrado.

Jáque Deus é santo, a culpa era toda nossa.

Nossopecado nos separou de Deus. Romanos 5:10,nos fez inimigos de Deus “Porque, senós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seuFilho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.”

QuandoCristo morreu na cruz, Ele satisfez o julgamento de Deus e tornou possível queos inimigos de Deus fizessem as pazes com Ele.

Nossa“reconciliação” com Deus, então, envolve o exercício de Sua graça e o perdão denosso pecado.

Oresultado do sacrifício de Jesus é que o nosso relacionamento mudou deinimizade para amizade. “Já não voschamo servos. Mas tenho-vos chamado amigos” (João 15:15).

ReconciliaçãoCristã é uma verdade gloriosa! Éramos inimigos de Deus, mas agora somos Seusamigos.

Estávamosem um estado de condenação por causa de nossos pecados, mas agora somosperdoados.

Estávamosem uma situação de guerra com Deus, mas agora temos paz que ultrapassa todo oentendimento). “Justificados, pois,mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5:1)

SABADO JOÃO 1:12 - Mas, a todos quantoso receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem noseu nome;

FOMOS ADOTADOS COMO FILHOS DE DEUS PELAFÉ EM JESUS

Pois todos vós sois filhos de Deusmediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo,de Cristo vos revestistes. Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nemescravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em CristoJesus. E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeirossegundo a promessa” (Gálatas3:26-29).

Osseres humanos não têm privilégio maior que se tornarem filhos de Deus.

Esteponto não é disputado por aqueles que professam afeição por Jesus como oCristo.

Aquelesque acreditam na Bíblia como a palavra inspirada por Deus concordam em relaçãoà necessidade de serem “filhos de Deus mediante a fé”.

Sabemosque os filhos de Deus são “co-herdeiros com Cristo” (Romanos 8:12-17).

Osfilhos de Deus têm o direito de clamar “Aba, Pai” (Romanos 8:15; Gálatas 4:6).

Muitosde nós concordamos com a necessidade de sermos filhos de Deus, mas nem sempreconcordamos em relação a quem são os filhos de Deus.

Se sois de Cristo”

Paraos filhos de Deus, Paulo disse, “se sois de Cristo” (v. 29).

Setorna filho de Deus por causa de uma compra, assim é de Cristo.

Elefoi comprado com o sangue redentor de Jesus (1 Timóteo 2:6; Mateus 26:28; Atos20:28).

Aquelesque foram comprados (redimidos) “pelo precioso sangue...de Cristo” (1 Pedro1:18-19) são os mesmos que purificaram as suas almas, “pela obediência àverdade” (1 Pedro 1:22)

Foram“regenerados... mediante a palavra de Deus” (1 Pedro 1:23).

Aqueleque pertence a Cristo se submeter continuamente à sua autoridade (1 Coríntios6:19-20; Gálatas 2:20).

Também sois descendentes de Abraão eherdeiros segundo a promessa

Paulotambém escreveu aos filhos de Deus, “também sois descendentes de Abraão, 29

Quemé filho de Deus hoje goza este privilégio por causa da promessa que Deus fez aAbraão há muito tempo (Gênesis 12:3).

Osfiéis são filhos e herdeiros desta promessa.

Os que viviam sob as tradições judaicas nãoaceitavam

Éo objetivo de Paulo em Gálatas 3 mostrar a tais pessoas que é possível alguémser um filho de Deus, um herdeiro, e um descendente de Abraão

Semfazer parte da sua descendência carnal e separado da sua lei nacional, a lei deMoisés.

Elemostra que a promessa de Deus a Abraão incluía mais do que seus herdeiroscarnais – incluía “todos os povos”, os gentios (Gálatas 3:8-9).

Cristoera a semente através da qual as nações do mundo seriam abençoadas (Gálatas3:16).

Assim,todos que estão em Cristo são descendentes de Abraão

Galatas.3:8,9 Ora, tendo aEscritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciouprimeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. -De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.

Assimmostrando que se é filho de Deus pela fé em Cristo, é, de acordo com apromessa, e não de acordo com a lei.

Então,qualquer pessoa, seja judeu ou grego, pode pela fé ser participante da bênçãoprometida à descendência de Abraão sem ser descendente pela carne ou estarsujeito à lei dada aos seus descendentes carnais

Alémdisso, Paulo disse, “todos vós sois um em Cristo Jesus” (v. 28).

Umfilho de Deus é unido com todos os outros que são filhos de Deus mediante a fé.

Em Cristo há UM corpo ou uma igreja (Efésios1:22-23; 4:4).

Aquelesque estavam longes são reconciliados em UM corpo (Efésios 2:13,16).

ABíblia não conta nada de filhos de Deus estando em Cristo e estando em corposou igrejas diferentes.

Aunião está “em Cristo” e não numa união fabricada pregada em conferênciashumanas.

Éo resultado natural de todas as pessoas serem reconciliadas com Deus.

“Porquetodos quantos fostes batizados em Cristo”

Paulocontinuou escrevendo a estas pessoas, “

Porquetodos quantos fostes batizados em Cristo...”.

Apalavra “porque”, que inicia o versículo 27 mostra que o autor está dando umarazão por serem filhos de Deus mediante a fé.

Omotivo exato por serem filhos de Deus é que foram batizados em Cristo.

Assim,ninguém pode ser um filho de Deus sem que tenha sido batizado em Cristo.

Aquele que ensina a doutrina de “somente fé”encontraria pouco conforto no versículo 26 se se preocupasse com o versículo27.

Apassagem inteira mostra que o ensinamento da Bíblia de salvação pela fé envolvemuito mais do que dar um assentimento mental à verdade que é Jesus o Cristo.

Umfilho de Deus é um cuja fé o levou a obedecer ao Senhor

Portantoser um filho “de Deus mediante a fé” é ser “de Cristo”;

Partilhe! Obrigado.


Vamos iniciar o 3º Trimestre de 2019 Na EBD, A Maior Escola Do Mundo; Seja Bem Vindo

Nosso Compromisso com Deus e Com as Pessoas é Ensinar e Transmitir Informações das Santas Escrituras

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e feito mais sublime do que os céus.” (Hebreusb 7.26)

EBD Escola Bíblica Dominical 2º Trimestre 2019 Lição 11

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

Deus Criou um Sistema de Sacrifícios para os Israelitas, Indicando que Jesus Cristo Seria o Supremo Sacrifício; Ele Pagaria de Uma Vez por Todas, Morrendo Uma Só Vez Pelo Pecado do Mundo

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

A Arca da Aliança era de Madeira de Acácia, Revestida de Ouro; O Ouro Simbolizava a Divindade de Cristo e a Madeira Simbolizava a Humanidade de Cristo, Portanto em Geral A arca da Aliança Era a Presença de Deus Entre os Israelitas

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Valdemar Quaglio