Artigos

A Doutrina dos anjos.O Carater dos anjos 3ªParte Janeiro 2017

O carater dos anjos


Obedientes (Sl. 103.20).

- Os anjos cumprem suas obrigações com total obediência a Deus.

Seres celestiais que adoram a Deus por todo o sempre, os anjos atendem às ordens do Criador para abençoar aqueles que O servem aqui na terra. Muitas são as dúvidas que pairam sobre esse assunto no meio da Igreja. A certeza é de que a Bíblia traz em diversos momentos importantes relatos da atuação deles desde a criação até o momento do arrebatamento, de Gênesis a Apocalipse

“É muito importante salientar que os anjos não estão à nossa disposição. Estão à disposição de Deus, para servir conforme a ordem de Deus. Eles não servem qualquer um, mas apenas os salvos. São seres criados, caracterizados como espíritos que ministram a favor dos que herdarão a vida eterna, apresentados para cuidar de todos aqueles que guardam o testemunho de Cristo e de Sua Palavra, e, portanto, protetores a serviço dos filhos de Deus, sob as ordens de Deus, pois ‘o anjo do Senhor é sentinela ao redor daqueles que O temem, e os livra’ (Salmos 34:7)

Reverentes (Ne. 9.6).Em Is. 6.2 os serafins cobriam os olhos para não olharem a face de Deus.

Isaías foi testemunha de primeira mão da santidade de Deus em Sua visão descrita em Isaías 6. Apesar de Isaías ser um profeta de Deus e um homem justo, sua reação à visão da santidade de Deus foi estar consciente dos seus próprios pecados e desesperar-se por sua vida (Isaías 6:5). Até mesmo os anjos na presença de Deus, aqueles que estavam clamando "Santo, Santo, Santo é o Senhor Todo-Poderoso", cobriram seus rostos e pés com quatro de suas seis asas. Cobrir o rosto e os pés sem dúvida denota a reverência e temor inspirados pela presença imediata de Deus (Êxodo 3:4-5). Os serafins estavam cobertos, como se tentando ocultar-se o tanto quanto possível, em reconhecimento da sua indignidade na presença do Santo. E se o serafim santo e puro exibe tanta reverência na presença do Senhor, quanto maior o respeito que devemos ter, criaturas poluídas e pecaminosas como nós, ao tentarmos aproximarmo-nos dEle! A reverência mostrada a Deus pelos anjos deve nos lembrar de nossa própria presunção quando nos apressamos em Sua presença irreverentemente e impensadamente, como frequentemente fazemos porque não entendemos a Sua santidade.

Sábios (II Sm. 14.17).Mas não são omniscientes e não conseguem penetrar na mente humana.

Aos anjos são atribuídas características pessoais; são inteligentes dotados de vontade e actividade. O fato de que são seres inteligentes parece inferir-se imediatamente do fato de que são espíritos (2 Sm 14:20; Mt 24:36 , Ef 3:10; 1 Pe 1:12; 2 Pe 2:11). Embora não sejam omniscientes, são superiores aos homens em conhecimento (Mt 24:36) e por ter natureza moral estão sob obrigação moral; são recompensados pela obediência e punidos pela desobediência.

Os anjos estão abaixo de Deus em sabedoria, inteligência e conhecimento. Não são omniscientes, não têm presciência, não sabem o dia do arrebatamento da Igreja nem o dia do juízo final.

Por outro lado, os anjos são muito superiores aos seres humanos na inteligência, sabedoria e conhecimento, devido à sua natureza de seres espirituais. Os anjos têm um conhecimento instintivo e até mesmo intuitivo. Embora limitados, a inteligência, sabedoria e conhecimento dos anjos são sobre-humanos.

Mansos (II Pe. 2.11; Jd. 9).Os anjos não se contaminam com ressentimentos pessoais.

Mansos. Não abrigam ressentimentos pessoais, nem injuriam os seus opositores. (2 Ped. 2:11; Jud. 9.)

A Bíblia os descreve como “santos anjos” (Ap. 14.10).

- Todavia, não são santos como é o Senhor, trata-se de santificação adquirida pela fidelidade durante o tempo da provação. Os anjos foram aperfeiçoados em santidade. Deus não, Ele é Santo por natureza.

Partilhe! Obrigado.


A RAÇA HUMANA; Origem, Queda e Redenção

Comentarios do Pastor Claudionor de Andrade

Valdemar Quaglio


EBD 4º TRIMESTRE 2019

EBD 4º TRIMESTRE 2019

O Governo Divino em Mãos Humanas

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


A Mordomia da Adoração

A Mordomia da Adoração

Nossa Adoração a Deus Deve Chegar ao Trono da Graça Como Cheiro Agradável (VEJA O VÍDEO CLICANDO AQUI)

A Mordomia Da Adoração

Valdemar Quaglio


EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

O Cristão Deve Valorizar a Igreja Local Como Ambiente de Adoração, Comunhão e Serviço ao Reino de Deus

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio