A Razão da Nossa Fé

Lição 10

As Manifestações do Espírito Santo

A Igreja é o Instrumento de Ação do Espírito Santo; Porem o Espírito Santo é a Força que Impulsiona a Igreja no Exercício de Sua Missão


Lições bíblicas adultos
3º trimestre 2017
A Razão da Nossa Fé
Assim cremos, assim vivemos
Partilhe! Obrigado.

LEITURA DIÁRIA DA ESCOLA DOMINICAL EBD 3º TRIM LIÇÃO10 AS MANIFESTAÇÕES DO ESPÍRITO SANTO

O batismo no Espírito Santo é uma bênção distinta dasalvação.

O Novo Testamento deixa claro que há um momento específicoda vida cristã em que o salvo recebe esse batismo, também chamado derevestimento.

Essa experiência, toda vez que é mencionada no livro de Atosdos Apóstolos, aparece como algo distinto do novo nascimento ATOS. 2:38,39;E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, ecada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados;e recebereis o dom do Espírito Santo; - Porque a promessa vos diz respeito avós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nossoSenhor chamar.

O batismo no Espírito Santo é para todos que professam suafé em Cristo; que nasceram de novo, e, assim, receberam o Espírito Santo paraneles habitar.

Um dos alvos principais de Cristo na sua missão terrena foibatizar seu povo no Espírito Santo MATEUS. 3.11; E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; masaquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou dignode levar; ele vos batizará com o Espírito Santo,

Ele ordenou aos discípulos não começarem a testemunhar atéque fossem batizados no Espírito Santo ou revestidos do poder do alto LUCAS.24.49; E eis que sobre vósenvio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que doalto sejais revestidos de poder.

O batismo no Espírito Santo é uma obra distinta e à parte daregeneração, (Novo Nascimento)

Ser batizado no Espírito Santo significa experimentar aplenitude do Espírito ATOS. 2.4 E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutraslínguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.

0 Livro de Atos descreve o falar noutras línguas como osinal inicial do batismo no Espírito Santo ATOS.2.4; 10.45,46; 19.6

 Esse poder não setrata de uma força impessoal (aqui não privilegia gostos, opiniões e nem háparticularidade), mas de uma manifestação do Espírito Santo, na qual apresença, a glória e a operação de Jesus estão presentes com seu povo JOÃO.14.16 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outroConsolador, para que fique convosco para sempre;

E preciso querer o batismo com o Espírito Santo. O crentedeve ter grande fome e sede pelo batismo no Espírito Santo

 Muitos recebem obatismo como resposta à oração neste sentido LUCAS. 11.13; Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boasdádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santoàqueles que lho pedirem?

 Devemos esperarconvictos que Jesus nos batizará no Espírito Santo, ATOS. 1:4,5 Estando com eles,determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem apromessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes.- Porque, na verdade, Joãobatizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muitodepois destes dias.

O batismo no Espírito Santo permanece na vida do crentemediante a oração, o testemunho, a adoração no Espírito, e uma vida santificada.São requisitos para continuarem cheios do Espírito Santo

 O batismo no Espírito Santo ocorre uma só vez na vida docrente e move-o para a consagração na obra de Deus, para, assim, testemunharcom poder e retidão.

O Pentecostes Cristão.É a comemoração da descida do Espírito Santo em cumprimento à promessa de Cristo.

O Espírito Santo foi derramado no dia de Pentecostes (Atos 2.1- 21).Pedro levantou-se e explicou para o povo que isto era cumprimento da profeciade Joel e a prova que os “Últimos dias” haviam começado.

A primeira vinda deCristo marcou o início dos últimos dias.

Por isto, o Espírito Santo foi derramado, pois Joel tinhaprofetizado que isto aconteceria nos últimos dias.

A presença atuante do Espírito Santo é a característicadistinta da Igreja.

A Diferença entre“Batismo com o Espírito Santo e o novo nascimento”.

 Batismo: É o enchimento pleno, apoderando-sedos filhos de Deus.

Novo nascimento: E a experiênciaespiritual decisiva pela qual a alma é renovada pelo Espírito Santo mediante acomunicação da vida divina.

 Provas do Genuíno Batismo no Espírito Santo.

As Escrituras ensinam que o crente deve examinar e provartudo o que se apresenta como sendo da parte de Deus . “Amados, não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos sãode Deus” 1ªJoaõ. 4:1

 O autêntico batismono Espírito Santo levará a pessoa a amar, exaltar e glorificar a Deus Pai e aoSenhor Jesus Cristo mais do que antes

O verdadeiro batismo no Espírito Santo aumentará a convicçãoda nossa filiação com o Pai celestial. Romanos.8:16 O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos deDeus.

Levará a uma maior percepção da presença de Cristo em nossavida diária, e aumentará o clamor da alma “Aba, Pai!”

 Um batismo noEspírito Santo que não leva a uma maior comunhão com Cristo e a uma maisintensa comunhão com Deus como nosso Pai não vem dele.

O real batismo no Espírito Santo aumentará nosso amor eapreço pelas Escrituras

Por outro lado, qualquer suposto batismo no Espírito quediminui nosso interesse em ler a Palavra de Deus e cumpri-la, não provém deDeus.

O real batismo no Espírito Santo aprofundará nosso amorpelos demais seguidores de Cristo e a nossa preocupação pelo seu bem-estar ATOS.2:46E, perseverando unânimes todos os diasno templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza decoração,

O real batismo no Espírito Santo fará aumentar o nosso(repúdio) às diversões pecaminosas e prazeres ímpios deste mundo, refreando-nosa busca egoísta "de riquezas e honrarias terrenas

 O genuíno batismo no Espírito Santo nos trará mais desejo epoder para testemunhar da obra redentora do Senhor Jesus Cristo

Inversamente, qualquer suposto batismo no Espírito que nãoresulte num desejo mais intenso de ver os outros salvos por Cristo, não provémde Deus

As línguas comoevidência inicial do batismo devem motivar o crente a permanecer na esfera dosdons espirituais

O autêntico batismo no Espírito Santo tornará mais real aobra, a direção e a presença do Espírito Santo em nossa vida diária.

Depois de batizados no Espírito Santo, os crentes de Atostornaram-se mais cônscios da presença, poder e direção do Espírito Santo

Qualquer suposto batismo no Espírito Santo que não aumentara nossa consciência da presença do Espírito Santo,

Nem aumentar o nosso desejo de obedecer à sua orientação,nem reafirmar o nosso alvo de viver diante dele de tal maneira a nãoentristecê-lo nem suprimir o seu fervor, não provém de Deus.

O Falar em Línguas

O falar noutras línguas, ou a glossolália (gr. Glossa+ lalia),era entre os crentes do Novo Testamento, um sinal da parte de Deus paraevidenciar o batismo no Espírito Santo ver 2.4; 10.45-47; 19.6).

Esse padrão bíblico para o viver na plenitude do Espíritocontinua o mesmo para os dias de hoje.

O verdadeiro falar emlínguas.

 As línguas como manifestação do Espírito Santo

Falar noutras línguas é uma manifestação sobrenatural doEspírito Santo,

Uma expressão vocal inspirada pelo Espírito, mediante a qualo crente fala numa língua (gr. Glossa) que nunca aprendeu

Estas línguas podem ser humanas, i.e., atualmente faladas (Atos 2.6línguas dos homens), ou desconhecidas na terra (1ªCorintios.13.1 línguas dos anjos).

Não é “fala extática (extáse)”, como algumas traduçõesafirmam, pois a Bíblia nunca se refere à “expressão vocal extática” parareferir-se ao falar noutras línguas pelo Espírito.

Línguas como sinalexterno inicial do batismo no Espírito Santo.

Falar noutras línguas é uma expressão verbal inspirada,mediante a qual o espírito do crente e o Espírito Santo se unem no louvor e/ouprofecia.

Desde o início, Deus vinculou o falar noutras línguas aobatismo no Espírito Santo (At 2.4),de modo que os primeiros 120 crentes no dia do Pentecoste, e os demaisbatizados

A partir de então, tivessem uma confirmação física de querealmente receberam o batismo no Espírito Santo ATOS.10.45,46

As línguas como dom. Falarnoutras línguas também é descrito como um dos dons concedidos ao crente peloEspírito Santo (ICo 12.4-10).

Este dom tem dois propósitos principais:

O falar noutras línguas seguido deinterpretação, também pelo Espírito, em culto público, como mensagemverbal à congregação para sua edificação espiritual (ICo 14.5,6, 13-17).

O falar noutras línguas pelo crente paradirigir-se a Deus nas suas devoções particulares, deste modo, edificar suavida espiritual (ICo 14.4).

Significa falar ao nível do espírito, com o propósito deorar, dar graças ou cantar

Outras línguas, porémfalsas. O simples fato de alguém falar “noutras línguas”, ou exercitaroutra manifestação sobrenatural não é evidência irrefutável da obra e dapresença do Espírito Santo.

O ser humano pode imitar as línguas estranhas como o fazemos demônios.

A Bíblia nos adverte a não crermos em todo espírito, eaveriguarmos se nossas experiências espirituais procedem realmente de Deus 1ªJoão 4.1

Somente devemos aceitar as línguas se elas procederem doEspírito Santo, como em Atos 2.4.

Esse fenômeno, segundo o livro de Atos, deve ser espontâneoe resultado do derramamento inicial do Espírito Santo.

Não é algo aprendido, nem ensinado, como, por exemplo,instruir crentes a pronunciar sílabas sem nexo (ligação, vínculo).

O Espírito Santo nos adverte que nestes últimos dias surgiráapostasia dentro da Igreja.

1ª TIMOTEO.4:1,2 MAS o Espírito expressamentediz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritosenganadores, e a doutrinas de demônios; - Pela hipocrisia de homens que falammentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;

Se alguém afirma que fala noutras línguas, mas não édedicado a Jesus Cristo, nem aceita a autoridade das Escrituras, nem obedece àPalavra de Deus,

Qualquer manifestação sobrenatural que nele ocorra nãoprovém do Espírito Santo

SEGUNDA – ATOS.2:1-4, A DESCIDA DOESPÍRITO SANTO NO DIA DE PENTECOSTES

No capítulo 2:28 do livro de Joel há uma promessado derramamento do Espírito Santo sobre toda carne; João Batista ás margens do Rio Jordão quando batizava com o Batismodo arrependimento reforçou esta promessa dizendo que viria um (João.1:29, Jesus)que batizaria com o Espírito Santo; Em Lucas11:13 Jesus disse que o Pai daria o Espírito Santo a quem o pedirem efinalmente em Lucas 24:49, Jesus antesde subir para junto do pai disse que cumpriria a promessa do pai, noentanto eles deveriam permanecerem em Jerusalém porque do alto seriamrevestidos de Poder e 10 dias depois no cenáculo onde quase 120 estavam aespera da promessa veio o Espírito Santo sobre eles e foram cheios de poder

 TERÇA – ATOS.2:33, O BATISMO NOESPÍRITO SANTO É RESULTADO DA OBRA DE CRISTO

No discurso de Pedro após serrevestido de poder ele responde a uma multidão que o ouvia e diziam que estavambêbados que o que estava acontecendo era uma promessa do Pai; o Derramamento doEspírito Santo. Foi a obra de Cristo na vida deles, pois é Jesus quem batizacom o Espírito Santo

QUARTA – ATOS.10:44-46, A GLOSSOLALIAe XENOLALIA

A palavra “glossolalia”, deacordo com seus elementos constitutivos, significa: Glossa = língua + lalia = oato de falar (do verbo laléo), significando, assim, falar línguas. AGlossolalia é também conhecida como dom de línguas, línguas estranhas ouvariedade de línguas, é um dom espiritual que a semelhança dos demais continuaatual e atuante na vida da igreja. Atos.10:45,46E os fiéis que eram dacircuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o domdo Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. - Porque os ouviamfalar línguas, e magnificar a Deus.

Xenolália é a capacidade defalar uma língua estrangeira que o indivíduo desconhece, que não aprendeu nemfoi exposto. Xenolália é um termo grego, onde xenos significa"estranho" e lalia "linguagem".Atos.2:3-6 E foramvistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobrecada um deles. - E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falarnoutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. - E emJerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações queestão debaixo do céu. - E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão,e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.

QUINTA – 1ªCORINTIOS12:1, NÃO DEVEMOSSER IGNORANTES ACERCA DOS DONS ESPIRITUAIS

Ignorante é todo aquele quenão tem conhecimento de algo;

Neste caso o Apóstolo Pauloestava chamando a atenção dos irmãos em Corinto que eles deviam conhecer sobreos dons espirituais.

Eles não deviam ignorar, ouseja deixar de dar atenção, mas sim buscar o conhecimento verdadeiro dos donsespirituais

SEXTA – 1ªCORINTIOS.12:7, OS DONSESPIRITUAIS

Os dons do Espírito Santo sãocapacidades que o Espírito dá às pessoas para a edificação da igreja.

Os dons são dados de acordocom a vontade do Espírito Santo.

Em 1 Coríntios 12:8-10, 1Coríntios 12:28-30, Romanos 12:6-8 e Efésios 4:11-13 Bíblia enumera vários donsdo Espírito:

 Palavra de sabedoria – a verdadeira sabedoria vem de Deus; o dom da sabedoria é umasabedoria espiritual que vai além da experiência e do bom senso

Palavra de conhecimento – o Espírito Santo ajuda a compreender e explicarassuntos espirituais

– todosque aceitaram Jesus como seu salvador têm esse dom, mas algumas pessoas têm umafé especialmente forte

Cura – Deusdá o poder para curar doentes milagrosamente

Milagres – oEspírito Santo capacita a fazer sinais e maravilhas

Profecia –profetizar é transmitir uma mensagem por inspiração de Deus

Discernimento de espíritos – discernir espíritos é entender se uma mensagem éDeus ou não; o discernimento é muito importante para impedir a igreja de cairno engano

Variedade de línguas – falar em línguas que você não conhece –

Interpretação de línguas – entender e transmitir a mensagem de alguém que estáfalando em línguas, pela revelação do Espírito Santo

SABADO – 1ªCORINTIOS.12:4, SÃO MUITOSOS DONS ESPIRITUAIS

Deus distribui os donsespirituais para a edificação da Igreja.

Esses dons são dados a cadaum como Deus quer para seu próprio crescimento espiritual e para ajudar outros.

Os dons espirituais maisconhecidos são falar em línguas, cura e profecia mas a Bíblia fala de váriosoutros dons igualmente importantes:

Todos esses dons vêm de Deuse são importantes.

Deus usa homens e mulherescom esses dons de acordo com a necessidade da igreja ou da pessoa a quem Deusquer.

Os dons espirituais nãotornam ninguém "mais espiritual" mas ajudam no crescimento da Igreja.

É bom buscar os donsespirituais mas nada disso servirá sem amor.

O amor é o grande dom espiritualque Deus nos dá. Ele dá sentido aos outros dons.

Partilhe! Obrigado.


A RAÇA HUMANA; Origem, Queda e Redenção

Comentarios do Pastor Claudionor de Andrade

Valdemar Quaglio


EBD 4º TRIMESTRE 2019

EBD 4º TRIMESTRE 2019

O Governo Divino em Mãos Humanas

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


A Mordomia da Adoração

A Mordomia da Adoração

Nossa Adoração a Deus Deve Chegar ao Trono da Graça Como Cheiro Agradável (VEJA O VÍDEO CLICANDO AQUI)

A Mordomia Da Adoração

Valdemar Quaglio


EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

EBD 3º Trimestre 2019 Lição 5 A Mordomia da Igreja Local

O Cristão Deve Valorizar a Igreja Local Como Ambiente de Adoração, Comunhão e Serviço ao Reino de Deus

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio