As Obras da Carne e o Fruto do Espírito

Lição 1

As Obras da Carne e o Fruto do Espírito

As Obras da Carne e o Fruto do Espírito


Partilhe! Obrigado.

As Obras da Carne

IMPUREZA – O capítulo 7.37-50 de Lucas, relata quando a mulher pecadora unge os pés de Jesus e é julgada por um fariseu como não sendo digna de estar ali. Ela era chamada de pecadora por causa da sua vida imoral diante da sociedade.

  Uma vida sem Deus torna os homens impuros e imorais diante da sociedade, e pecadores diante de Deus, até que se arrependam desta vida sem Jesus e peça perdão ao Senhor que está sempre pronto para perdoar todo aquele que vem a ele humilhado e contrito, assim como esta mulher que corajosamente se derramou diante de Jesus e foi perdoada.

DESOBEDIÊNCIA – No capítulo 3 do livro de Génesis Eva foi atraída ao dar ouvidos à voz de Satanás que usou uma serpente para contrariar o que Deus havia lhe ordenado: Não comer do fruto daquela árvore. Eva foi vencida pela carne e cobiçou, desejou e comeu o fruto proibido, ela desobedeceu a Deus e também fez pecar o marido.

   Devemos resistir a vós satânica que nos tenta para desobedecer a Deus. Não deixemos que a atracão daquilo que nos faz desobedecer a Palavra de Deus domine a nossa vida de comunhão com Deus, porque, deixando-se serem dominados pelas obras da carne Adão e Eva perderam a comunhão que tinham com o Senhor.

INVEJA E HOMICÍDIO – A maior parte dos casos de homicídios são frutos da inveja, é assim desde o início quando Caim matou seu irmão (capítulo 4 do livro de Génesis), ele imaginou que Deus recebeu o sacrifício do irmão porque o amava mais do que ele e não atentou para a qualidade da oferta.

    Se as pessoas que mataram ou vão matar por inveja valorizassem a si mesmo, e aquilo que é seu, sem cobiçar a vida e os bens do próximo, não teríamos registos de inúmeros homicídios na história da humanidade.

    Estamos falando de homicídios que acontecem por inveja, pois ambos são obras da carne, mas há pessoas que matam por traição, por vingança, por dinheiro ou cobiça, pelo impulso da ira, por contendas, as guerras e motins gerados em nações, e na política, sem falar em brigas de torcidas de futebol que tem tirado a vida de muitos etc.Vamos oferecer sacrifícios de qualidade para Deus e não deixemos este sentimento homicida destruir nossa vida.

ANSIEDADE – A ansiedade tem levado muita gente a destruir seus próprios sonhos e desorientados, outros, abandonam seus projectos. A ansiedade é inimiga da fé e fruto da incredulidade, pois muitas pessoas ansiosas, e as vezes cansadas de esperar no tempo certo de agir tomam atitudes precipitadas antes do tempo. A ansiedade também contribui para desconfiança de Deus e as pessoas agem conforme seu ego confiadas mais na razão e na lógica materialista do que aguardar no milagre que só acontece através da fé.

   Na ansiedade de receber uma promessa de Deus, Sara fez Abraão ter relações sexuais com sua escrava Agar para gerar o filho da promessa e desta geração precipitada nasceu Ismael de quem descendeu os muçulmanos, e só no tempo de Deus nasceu Isaque filho de Abraão e Sara de quem descendeu os judeus que nasceu Jesus. O islamismo briga até hoje com o Cristianismo.

   Saul por ser ansioso avançou o sinal e fez o que a ele não era permitido fazer, ofereceu um sacrifício no altar do holocausto; Samuel era o sacerdote e não Saul, ele foi rejeitado por Deus e perdeu o Reino. Se você é ansioso se humilhe diante de Deus, jejue, fale com Deus, vença esta obra da carne que tem causado danos a tantas pessoas.

INGRATIDÃO – Eu sei que você conhece muita gente ingrata, não valorizam nada que recebem, sem nenhum esforço, reclamam de tudo e de todos, nada está bem ou vai melhorar, são pessimistas e nem a si mesmo dão valor, desprezam as bênções naturais de Deus e rejeitam sua existência, vivem pela razão e a fé existe somente para os fracos e excluídos da sociedade.

   Esaú talvez não fosse assim tão ingrato mas trocou sua primogenitura, uma bênção que todo filho ao nascer primeiro, herdava de Deus, e eram transmitidas pelo pai, com imposição de mãos antes de morrer; Ele desprezou esta dádiva dos céus e negociou com seu irmão Jacó que em troca deu um prato de lentilhas. Esaú não venceu a carne, poderia ter esperado mais um pouco e negada esta oferta tentadora de Jacó que se aproveitou da fome que seu irmão sentia, lembra de Satanás que também se aproveitou deste horário quando veio a fome, e ofereceu a Eva o fruto proibido? Adão e Eva também foram igratos ao desprezarem a comunhão que tinha com Deus por um fruto da árvore proibida, Esaú desprezou a bênção da primogenitura por um prato de lentilhas cozidas.

    Hoje também não é diferente, muitos estão a desprezar a salvação que foi comprada por preço de sangue, derramado pelo filho unigénito de Deus na Cruz e doada a quem quiser, são inúmeros os que desprezaram e estão a desprezar esse dom de Deus, dão lugar a carne quando abandonam a fé salvífica para cometer os mais simples e profanos pecados. A ingratidão das coisas divinas e eternas é a obra da carne mais abominável na visão de Deus. Cuidemos da nossa salvação, guardemos a nossa fé e esperemos com confiança o arrebatamento da igreja que prestes acontecerá.

PROSTITUIÇÃO – Vemos esta obra da carne na vida de Sansão, homem que foi separado para o serviço de Deus desde o ventre de sua mãe. Ao contrário de Samuel, João Batista, Jesus e outros que foram assim chamados e fizeram conforme a ordem divina, Sansão foi atraído por mulheres estrangeiras e caiu no mundo da imoralidade sexual; como sua força estava nos seus longos cabelos trançados, Deus o usou para destruir maior parte dos soldados filisteus que aterrorizava diariamente a vida do povo de Deus.

   A desobediência aos pais em insistir na vida prostituta reduziu os anos de vida de Sansão, Efésios.6,1-3

Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.
Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa;
Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.

    Uma mulher cheia de sensualidade e enganos traiu sua confiança depois de ter cortado suas lindas tranças de cabelos, onde estava guardado o segredo de Deus relacionado à sua força para vencer os inimigos de Israel.

    Sansão teve um triste fim, pagou muito caro pelos seus pecados imorais, os soldados filisteus o prenderam, arrancaram seus dois olhos e o puseram a trabalhar como animal em um moinho de trigo. Pouco tempo depois seus cabelos voltaram a crescer, arrependido pediu a Deus que restabelecesse suas forças pela última vez, e agarrou pelas duas colunas principais do lugar onde maior parte de todo povo filisteu se reuniu para zombarem de sua deficiência ocular o fazendo de palhaço, partiu-as ao meio vindo todo teto e paredes abaixo matando a todos que ali estavam, inclusive ele.

   Quantos são chamados como Sansão e trocam o trabalho para o Reino de Deus por uma vida promíscua imoral e rebelde; Muitos estão usando os púlpitos de nossos templos indevidamente, enganam a todos, mas Deus espera o momento para os envergonhar quando mostrará todos seus pecados que ocultam à sua santa igreja e assim como Sansão serão humilhados e destruídos. Vigiemos com orações e jejuns se esforçando por uma vida de santificação para não cairmos na mesma tentação, dando lugar a carne a viver uma vida de prostituição, troquemos o mais rápido possível os filmes e novelas heróticas por informações que edificam nossa vida espiritual, social e familiar.

ADULTÉRIO – Davi foi um grande guerreiro e homem segundo coração de Deus, foi um Rei respeitado e chamado para destruir os inimigos de Israel. Desde menino já mostrava ser corajoso e confiante que Deus estava sempre à sua frente, ele mesmo testemunhou que quando pastoreava as ovelhas de seu pai matou um urso e um leão que queriam comer o rebanho; e quem não se lembra da morte do gigante Golias, das guerras que vencera quando foi soldado de Saul, o povo testemunhou: Saul matou mil, mas Davi matou dez mil. O grande guerreiro de Deus falhou no auge do seu reinado, veja; pecado de ociosidade; era tempo dos reis irem a guerra mas Davi ficou no palácio; pecado da cobiça, cobiçou a mulher do próximo; pecado de traição; traiu suas esposas, traiu seu soldado fiel; traiu a confiança de Deus e do povo quando mandou buscar Bate-Seba para satisfazer seus desejos carnais; pecado de homicídio; mandou matar o marido de Bate-Seba. Davi ficou completamente cego espiritual, nem se lembrava que Deus estava a observar tudo que estava fazendo até que o profeta Natã revelou seus pecados.

   O adultério é um pecado que nasce e se desenvolve por anos no interior de um cônjuge até chegar o momento da prática, Deus condena terrivelmente este ato porque a pessoa nele envolvida tem longos períodos de tempo para cortar este mal e viver conscientemente puro para Deus.  

   FEITIÇARIA – Levíticos.20.27- NVI e ACRF

"Os homens ou mulheres que, entre vocês, forem médiuns ou espíritas, terão que ser executados. Serão apedrejados, pois merecem a morte".

 Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito de necromancia ou espírito de adivinhação, certamente morrerá; serão apedrejados; o seu sangue será sobre eles.

   Feitiçaria também está relacionado entre as obras da carne porque homens e mulheres procuravam e procuram a feitiçaria a fim de satisfazerem seus desejos em saber da vida futura.

   A feitiçaria sempre foi e será uma afronta ao nosso Deus, o homem quando procura esses serviços substitui a Deus que já tem um futuro para cada homem inclusive para os feiticeiros, é claro que depende de como tal pessoa se comporta na presença de Deus, ele tem um plano de salvação para a humanidade e cada um a terá com uma condição; Crer no nome de Jesus. Jesus Cristo disse: João, 3.18

    Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

   Saul foi chamado por Deus e ungido para Reinar em Israel, conhecido como o primeiro Rei de Israel, ele começou bem a sua missão de Rei do povo de Deus, mas deixou que as obras da carne invadisse seu interior e expressamente foi exposta pelas suas acções geradas por um sentimento de orgulho e rebeldia.

   No capítulo 13 do livro de 1º Samuel, Saul começa perder este Reino quando ofereceu sacrifício a Deus não sendo ele sacerdote, veja o que Samuel disse a Saul; 1ºSam.13.13,14
Então disse Samuel a Saul: Procedeste nesciamente, e não guardaste o mandamento que o Senhor teu Deus te ordenou; porque agora o Senhor teria confirmado o teu reino sobre Israel para sempre;
Porém agora não subsistirá o teu reino; já tem buscado o Senhor para si um homem segundo o seu coração, e já lhe tem ordenado o Senhor, que seja capitão sobre o seu povo, porquanto não guardaste o que o Senhor te ordenou.

      Mas foi no capítulo 15 que Saul enterrou de vez seu ofício de Rei. Ele foi enviado para guerrear contra os Amalequitas, a ordem era para destruir tudo e a todos, mas veja o que ele fez; 1º Sam.15.8,9

E tomou vivo a Agague, rei dos amalequitas; porém a todo o povo destruiu ao fio da espada.
E Saul e o povo pouparam a Agague, e ao melhor das ovelhas e das vacas, e as da segunda ordem, e aos cordeiros e ao melhor que havia, e não os quiseram destruir totalmente; porém a toda a coisa vil e desprezível destruíram totalmente.

   Deus começa prosperar a vida de Davi o qual crescia como guerreiro de Saul. Saul dominado pela inveja e orgulho, ao invés de prestar seu trabalho para Deus, começou a trabalhar contra Deus, e Jesus disse: “quem não ajunta comigo espalha”

   Agora Deus não ouvia mais as orações de Saul. Preocupado com seu futuro tenebroso mais se afundou em pecados de desobediência a Deus

1ºSamuel.28.5-7

E, vendo Saul o arraial dos filisteus, temeu, e estremeceu muito o seu coração.
E perguntou Saul ao Senhor, porém o Senhor não lhe respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas.
Então disse Saul aos seus criados: Buscai-me uma mulher que tenha o espírito de feiticeira, para que vá a ela, e consulte por ela…

     Vejam como o orgulho, leva o homem espiritual e temente a Deus à desobediência, inflamando em sua carne o desejo no prazer do pecado. O que aconteceu com Saul acontece também em nossos dias, quantos que começaram bem sua carreira ministerial e Deus prosperou elevando-o para o mais alto escalão de seu ministério, mas permitindo que a carne satisfizesse o seu desejo, caíram nas malhas do orgulho, principal pecado que enterra qualquer um na sepultura escura da solidão, e quantos que não se arrependeram, hoje cooperam e ajuntam para a obra do diabo.

   LASCÍVIA – É o mesmo que sensualidade e foi o que Dalila usou através de sua beleza exuberante para atrair e vencer o homem mais forte e guerreiro de sua época, que estava destruindo pouco a pouco os soldados que lutavam em favor do povo de sua nação os filisteus.

   Sansão matava a tantos quantos filisteus que tentavam oporem-se as suas rebeldias para destruir tudo que pertencia ao reino desta nação que amedrontava Israel por muitos anos, mas a sua fraqueza era a arma que possui muitas mulheres sem compromisso, a sensualidade. No caso de Dalila a sensualidade era gerada por sua beleza, simpatia e paixão expressadas não na pureza de um amor verdadeiro, mas na cobiça de interesses próprios desenvolvida por atitudes falsas e sutil, assim como são as serpentes.

   A lascívia é obra da carne que infelizmente muitas mulheres e até homens estão usando para destruir a igreja pura e imaculada do Senhor. O modo como se vestem a maneira como andam na igreja, sorrisos e olhares tentadores agora possuíram o interior de muitas mulheres e homens cristãos, cheios de luxúrias e vaidades extravagantes, esses discípulos do diabo invadiram a igreja, vigiemos queridos irmãos para não cairmos como caiu sansão, ele se entregou à beleza, sensualidade, carinhos de falsa paixão, desejos hipócrita de uma mulher, e foi traído, preso, foi espiritualmente cego e depois fisicamente teve seus olhos arrancados, foi humilhado servindo aos filisteus em um trabalho destinado aos animais e como palhaço serviu de passa tempo dos inimigos, por essa humilhação passam todos que são dominados e não fazem nada para saírem do lixo da prostituição gerada pela Lascívia.

IDOLATRIA – A idolatria para Deus é quando o homem o substitui por qualquer coisa, esta coisa pode ser seres inanimados e seres vivos, pode ser também objetos, bens, a sociedade, a política, sentimentos enfim qualquer coisa que coloca Deus em outros lugares. Deus precisa ser o centro, o principal, o primeiro, o especial, o único a ser adorado e reverenciado na vida do homem, fora disso pecamos ao colocar em primeiro lugar, nossos sofrimentos aqui na terra, as doenças, as crises, o trabalho enfim infligimos a lei de Deus cometendo idolatria.

   Os Salmos 115 ilustra como Israel a nação formada por Deus, traiu seu Deus criador. E foi por esse pecado que Israel se afastou de Jeová, mas Deus puniu Israel com o Cativeiro, foram 70 longos anos de sofrimento.

Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.
Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus?
Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.
Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
Têm boca, mas nã
o falam; olhos têm, mas não vêem.
Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.
Israel, confia no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo.
Casa de Arão, confia no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo.
Vós, os que temeis ao Senhor, confiai no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo.
O Senhor se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.
Abençoará os que temem ao Senhor, tanto pequenos como grandes.
O Senhor vos aumentará cada vez mais, a vós e a vossos filhos.
Sois benditos do Senhor, que fez os céus e a terra.
Os céus são os céus do Senhor; mas a terra a deu aos filhos dos homens.
Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silêncio.
Mas nós bendiremos ao Senhor, desde agora e para sempre. Louvai ao Senhor.

   Israel aprendeu na prática como servir a Deus, descobriu durante o cativeiro o quanto o Senhor os amava e também por que estavam ali em terras estrangeiras. Quando foram libertos para voltarem à sua terra, já não mais adoravam outros deuses mas somente ao criador de todas as coisas, até os dias de hoje.

   A idolatria nos afasta de Deus, não podemos substitui-lo por nada e sermos gratos a esse Deus Maravilhoso que só quer o bem para a humanidade, a nossa vida de oração, comunhão e santificação a ele é a melhor forma de dize-lo: Pai tu és meu único Senhor, e sou agradecido pela minha salvação.  

INIMIZADES – A inveja causa inimizades, ódio, iras e contendas entre os homens. Coré da tribo de Levi era líder de um clã e  junto com Datã e Abirão, invejaram de Moisés e Arão, desejou ser lideres como eles e causou inimizades unindo 250 homens chefes de outros clãs para contrariarem os lideres escolhidos por Deus, provocando contendas e confusão entre as famílias.

   A rebelião de Coré deixou Deus indignado de tal forma que todos que escolheram ficar do lado dele foram englidos pela terra que se abriu nos acampamentos de Coré, Datã e Abirão.

   Absalão e Adonias também levou muita gente a estes atos de rebelião, unindo o povo, e provocando, por causa da inveja de seu próprio pai, a cobiça pelo poder da liderança de Israel, às inimizades e contendas, eles foram punidos por Deus com a morte. Reclamar da liderança escolhida por Deus é o mesmo que provocar uma luta contra Deus, e nunca vencerá aquele que toma atitudes como estas, a seu tempo Deus punirá os rebeldes, melhor é orar e aguardar a vontade de Deus como Davi, nunca lutou ou reclamou de Saul mesmo sendo perseguido e quase ter sido assassinado, pois Saul era ainda o ungido de Deus.

   Quantos hoje querem o poder da liderança de forma injusta, levando pessoas a também agirem contra o Senhor, querem o poder pela razão e força humana, caluniando e até pressionando o líder a abandonar seu cargo, isso tanto em empresas quanto nas igrejas; Sabemos que Deus está no domínio de tudo e faz como ele quer, vamos aguardar com fé a função que o Senhor tem para cada um de nós e tudo correrá conforme a sua vontade.

   Foi assim que agiram os 12 discípulos de Cristo quando a mãe de Tiago e João pediu a Jesus que seus filhos se assentassem no Reino do Senhor um ao direito de Jesus e outro do seu lado esquerdo.

   Sabemos que uma mãe quer sempre o melhor para seus filhos, essa mãe foi imprudente ao fazer esse pedido, poderia ir ter com Jesus a sós, e causou uma grande contenda entre os 12, a contenda é gerada por uma disputa de poder e autoridade que gera tamanha porfia. Jesus chama a atenção de todos e dize-lhes: Mateus.20.25-28

   Jesus os chamou e disse: "Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas.
Não será assim entre vocês. Pelo contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo,
e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo;
como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos".

   Quando estamos em comunhão com Deus pensamos e tomamos atitudes como Jesus, sabemos e temos forças para dominar nossa própria carne.

BEBEDICES – Noé agradou a Deus diante de um mundo já destruído pelo pecado e através dele com sua família confiou a construção de um meio de transporte marítimo a qual chamamos arca, pode ser também um enorme navio, e durante algum tempo Noé construindo a arca anunciava que um grande dilúvio de águas encheria a terra, ninguém acreditou na mensagem de Noé. Porém chegou o tempo que veio o dilúvio e todos os homens que estavam fora morreram afogados pelas águas que cobriu a terra por muitos dias.

   Noé já em terra seca, construiu um altar e adorou ao Senhor junto com sua família, continuou servindo a Deus; Plantou uma vinha, fabricou certa quantidade de vinho, e embriagou-se ao beber desta bebida.

   A bebida deixou Noé fora de si ou inconsciente do que estava fazendo e chegou a ficar nu dentro da sua tenda, cã seu filho mais moço viu-o nu e por isso foi amaldiçoado pelo pai. Por certo cã olhou de propósito, mas, se olhou ou não de propósito, o motivo que causou toda esta confusão entre pai e filho foi a bebida. Lev.18:6-17,24-30

   Assuero, Rei persa que reinou sobre 127 províncias, da Índia até a Etiópia, deu uma grande festa a todos os homens nobres e populares, para mostrar tudo que tinha feito durante o seu governo até ali. Foram mais de 6 meses de festa, e durante esse tempo quando os homens da festa já estavam embriagados, Assuero manda que tragam a Rainha Vasti que estava reunida com as mulheres em outra parte do Palácio. Bom, já sabem que, nenhuma mulher estando sóbria e de respeito aceitaria apresentar-se a homens completamente alcoolizados, sem nenhuma consciência do que faziam, e assim ela procedeu, foi acusada de ser desobediente, sendo assim foi destituída do cargo de Rainha, e Ester ocupou o seu lugar para mais tarde ser usada por Deus e livrar Israel de ser uma nação destruída.

   Que mal é a bebida alcoólica. Por isso a bebedice, uma obra viciosa da carne causou maldição na família de Noé, confusão e separação na família real. Destes mesmos atos somos testemunhas nos dias atuais, que maioria das famílias em todo mundo se separam por excesso de embriagues ou a existência de alcoólatra entre membros da famíla, é uma ferramenta fatal do diabo para matar pessoas estando alcoolizado, essa droga também é usada por pessoas para encorajar nos assaltos, nos roubos, suicídios, e para uso de armas de fogo a tirar a vida de alguém… 

GLUTONARIA – SIGNIFICA APETITE DESORDENADO.

   Esta obra da carne vê-se na vida de Eli e seus filhos. A glutonaria acabou com a vida espiritual destes homens de Deus de tal forma que fizeram do sacrifício em carne e manjares que era levado para se oferecer ao Senhor, a sua porção diária, eles não respeitavam nem aos que levavam a oferta quanto mais a Deus. Fizeram do pátio do templo um local de prostituições, as obras da carne imperava com muita força na casa de Eli. Quando temos fome, comemos até sacia-la, passando disso é excesso de comida, e a este chamamos de glutonaria, aos que se deixam ser dominados pela glutonaria chamamos de glutão.

   Penso que Paulo quando escreveu aos Romanos que o reino de Deus não é comida nem bebida, tratava-se justamente da glutonaria, chamando nossa atenção que comer demasiadamente sem ter a necessidade de ingerir qualquer alimento é um pecado que empurra muita gente para o inferno se não se arrependerem e mudarem seu hábito alimentar;

Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.Rom.14:17

 Mesmo assim é a bebida. Cuidemos de nossa vida espiritual também neste mau hábito que pode-se tornar um vício e levar à morte espiritual e física como aconteceu com a família de Eli; Eli quando recebeu a notícia que seus dois filhos estavam mortos, se assustou movendo-se na cadeira que estava sentado, e de tão gordo este homem ela virou-se, ele caiu e quebrou o pescoço.

O Fruto do Espírito

   O fruto do espírito são hábitos de comunhão com Deus que nós criamos, são princípios de uma vida santa que agradam a vontade de Deus.

   Como disse João Batista devemos produzir frutos dignos de arrependimento, esses frutos vão provar que verdadeiramente amamos a Deus e estamos interessados em fazer sua vontade. Enquanto o fruto do Espírito desenvolve-se em nosso interior, nosso carácter, nosso comportamento cristão vai sendo moldado e vamos nos aproximando a cada dia de Deus.

   Logo que entregamos nossa vida a Cristo recebemos o seu perdão dos pecados no tempo que vivíamos na ignorância, passamos a viver uma nova vida, porque fomos regenerados pela palavra. Mas não acaba por aqui, porque a nossa vida de santificação acontece dia após dia até o arrebatamento da igreja.

   Paulo escreveu sobre o assunto da ressureição e disse:Fil.3:12,13

Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus.
Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,

Fil:1.6 -

 Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo, …

   Agora precisamos nos encher do espírito para vencermos as obras da carne, ou seja para termos forças de domina-la. A velha natureza estará sempre a nos perseguir porque somos o corpo do pecado, o corpo obedecerá o nosso interior, se mantermos nosso espírito sempre avivado pelo Espírito Santo dominaremos a nossa alma onde esta a sede das vontades do intelecto e do sentimento do contrário vamos ser vencidos pelas obras da carne.Gálatas.5:16 -

 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.

Partilhe! Obrigado.


Vamos iniciar o 3º Trimestre de 2019 Na EBD, A Maior Escola Do Mundo; Seja Bem Vindo

Nosso Compromisso com Deus e Com as Pessoas é Ensinar e Transmitir Informações das Santas Escrituras

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e feito mais sublime do que os céus.” (Hebreusb 7.26)

EBD Escola Bíblica Dominical 2º Trimestre 2019 Lição 11

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

Deus Criou um Sistema de Sacrifícios para os Israelitas, Indicando que Jesus Cristo Seria o Supremo Sacrifício; Ele Pagaria de Uma Vez por Todas, Morrendo Uma Só Vez Pelo Pecado do Mundo

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

A Arca da Aliança era de Madeira de Acácia, Revestida de Ouro; O Ouro Simbolizava a Divindade de Cristo e a Madeira Simbolizava a Humanidade de Cristo, Portanto em Geral A arca da Aliança Era a Presença de Deus Entre os Israelitas

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Valdemar Quaglio