As Parábolas de Jesus

Lição 12

Esperando, mas Trabalhando no Reino de Deus

Quem Está Esperando o Senhor Jesus Voltar, Não Desanima e Não Para de Trabalhar no Reino de Deus

Faça aqui o download dos slides


Partilhe! Obrigado.

Trabalhando e esperando o Senhor voltar

O trabalho na igreja é realmente algo prazeroso para os verdadeiros filhos de Deus.

Antes de saber como trabalhar na obra de Deus, esteja convicto de sua comunhão com Ele através do arrependimento de seus pecados.

Ele não está chamando apenas servos, ou homens religiosos dotados de sabedoria para o trabalho do evangelho, muito pelo contrário, antes de tudo Ele quer nos limpar do pecado e relacionar-se conosco, como um Pai com seus filhos.

O erro de muitas pessoas hoje em dia é achar que são apenas servos de Deus, que estão à serviço dele e nada mais que isso. Por isso infelizmente muitos não desenvolvem características de cristãos verdadeiros

Na medida do possível, mantenha-se em comunhão com sua família, parentes e com todos que puder, esse comportamento qualificará o seu trabalho no Reino de Deus.

É simples entender, pois tendo um bom relacionamento com as pessoas e um bom testemunho de vida, o obreiro do Senhor receberá mais crédito quando pregar a Palavra de Deus a alguém. Além disso o obreiro de Deus não pode ser acusado de corrupções ou maus comportamentos, ele deve buscar ter um comportamento irrepreensível.

Esteja em comunhão com os irmãos, interagido nas programações e atividades da sua igreja, essa atitude lhe trará respeito e honra entre os irmãos e amigos. Lembre-se também que foi o próprio Senhor que deu o ponto de partida na fundação da igreja, Ele é o dono dela, e a construiu através de seu Espírito, que capacitou os apóstolos e discípulos que Ele mesmo chamou (At 1:8).

É bom que certifique-se qual o seu chamado para entender como trabalhar na obra de Deus com eficácia, Não são poucas as vezes que nos encaixamos em um trabalho na igreja para o qual não fomos chamados, e por isso não nos sentimos completos ou não somos produtivos o suficiente como deveríamos, ou então, mesmo tendo empolgação no início, logo desistimos e desanimamos de continuar nos dedicando ao que começamos.

Isto acontece quando não se sabe ao certo para qual trabalho fomos chamados pelo Espírito Santo, pois a Palavra nos ensina que Ele reparte de seus dons a cada um segundo aquilo que formos úteis, para a edificação de toda a igreja. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. (1 Coríntios 12:7 ACF)

O apóstolo Paulo ainda afirma que não podemos ser ignorantes (sem conhecimento ou instrução) a respeito dos dons espirituais (1 Co 12:1). Mas infelizmente muitos crentes tem feito pouco caso de conhecerem os dons do Espírito Santo e de conhecer e buscar a sua própria vocação e ministério no Senhor.

Portanto, se até hoje você não sabe ao certo para que você realmente foi chamado para trabalhar na obra de Deus, é hora de começar a jejuar e a orar ao Espírito Santo para que te revele isso! Estude a Palavra continuamente e capacite-se mais.

Mantendo agora uma vida cotidiana de oração a Deus, jejuns na frequência que puder, leitura da Palavra e estudo bíblico, é o momento de buscar ferramentas para capacitar-se a exercer teu chamado de forma mais sábia e madura.

Mas como todo bom trabalho que para ser realizado de forma eficaz e produtiva exige capacitação, na obra do Senhor não é diferente, pois precisamos nos capacitar e dedicar naquilo que fomos chamados para fazer.

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (1 Tm 2:15)

Trabalho é a execução de uma tarefa, uma aplicação da atividade física, intelectual ou espiritual em um determinado serviço.

Todo trabalho para Deus tem recompensa e trabalhar para Ele, é mais do que ser fichado em uma grande empresa, ter um chefe cobrando resultados, e no fim do mês receber o suado salário.

Quando somos chamados para a obra de Deus não pensamos em receber nada em troca, e longe de fazer barganha com Deus. Mas a bíblia diz que: "Devem ser considerados merecedores de dobrados honorários os presbíteros que presidem bem, com especialidade os que se afadigam na palavra e no ensino. Pois a Escritura declara: Não amordaces o boi, quando pisa o grão. E ainda: O trabalhador é digno do seu salário." (1 Tm 5.17, 18)

Deus não fica devendo nada a ninguém, e não fica mesmo! Obreiros incansáveis pregam a palavra de Deus pura, andam de casa em casa, comem arroz e feijão, evangelizam e ainda tem "tempo" necessário para discipular pessoas para o Reino de Deus, separam tempo para orar e buscam direção para falar. A Bíblia diz: "Deus é o galardoador dos que o buscam". (Hb 11.6) Deus é o recompensador generoso para retribuir aqueles que com um coração sincero servem a Ele.

É importante que trabalhemos pelo Senhor. Paulo disse: “Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor” (Gálatas 5:6). A fé sem obras é morta! (Tiago 2:26). Paulo elogiou os tessalonicenses pela “operosidade da vossa fé, abnegação do vosso amor e firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Tessalonicenses 1:3). A palavra traduzida “abnegação” significa “labuta, aborrecimento, dificuldade” e o verbo relacionado significa “estar cansado, labutar” (Dicionário Vine, 1030). Os tessalonicenses fizeram tanto trabalho para o Senhor que, às vezes, cansavam!

Algumas pessoas sabem o que é trabalhar tanto que cansa. Muitos fazem isso todo dia nos seus empregos seculares. Outros cansam enquanto trabalham em casa ou no quintal. Quantos de nós trabalhamos tanto para o Senhor que cansamos? Paulo disse: “E não nos cansemos de fazer o bem” (Gálatas 6:9). Alguém disse: “Os cristãos devem cansar no seu trabalho, mas não do seu trabalho!”

Jesus disse à igreja em Éfeso: “Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos; e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer” (Apocalipse 2:2-3). Mais uma vez, isso é a labuta penosa que resulta em fadiga. Os efésios trabalharam tanto para o Senhor que cansaram, mas não desmaiaram nem cansaram do trabalho.

Trabalhe muito para o Senhor — visite os doentes (Mateus 25:36), restaure os caídos (Gálatas 6:1), apóie os fracos (1 Tessalonicenses 5:14), exorte os irmãos diariamente (Hebreus 3:13), ajude a instruir os jovens e os jovens na fé, ensine os perdidos, e se prepare para a vinda do Senhor (Mateus 24:44). Se você cansar, descanse por um momento. Jesus disse aos seus apóstolos: “Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto” (Marcos 6:31). Mas não desista da obra do Senhor nem se aposente da sua obra. Não “enferruje” enquanto descansa.

Como Jesus, nós também devemos trabalhar “enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar” (João 9:4). Temos de ser “firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor” e sabermos que nosso “trabalho, no Senhor, não é vão” (1 Coríntios 15:58). João ouviu uma voz do céu que disse: “Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham” (Apocalipse 14:13). Trabalhe para o Senhor e não se canse do

Partilhe! Obrigado.


Vamos iniciar o 3º Trimestre de 2019 Na EBD, A Maior Escola Do Mundo; Seja Bem Vindo

Nosso Compromisso com Deus e Com as Pessoas é Ensinar e Transmitir Informações das Santas Escrituras

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e feito mais sublime do que os céus.” (Hebreusb 7.26)

EBD Escola Bíblica Dominical 2º Trimestre 2019 Lição 11

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

Deus Criou um Sistema de Sacrifícios para os Israelitas, Indicando que Jesus Cristo Seria o Supremo Sacrifício; Ele Pagaria de Uma Vez por Todas, Morrendo Uma Só Vez Pelo Pecado do Mundo

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

A Arca da Aliança era de Madeira de Acácia, Revestida de Ouro; O Ouro Simbolizava a Divindade de Cristo e a Madeira Simbolizava a Humanidade de Cristo, Portanto em Geral A arca da Aliança Era a Presença de Deus Entre os Israelitas

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Valdemar Quaglio