Batalha Espiritual

Lição 2

A Natureza dos Anjos - A Beleza do Mundo Espiritual

Jesus é Anjo? Anjos tem Asas? Podemos Orar aos Anjos? Existe Anjo da Guarda? Anjos tem Sexo? Anjos podem Aparecer aos Homens? Devemos Adorar Anjos?

Faça aqui o download dos slides

Hinos sugeridos pela lição

Gloriosa Aurora - 21
Natal Chegai Pastorzinhos - 489
Na Jornada Para o Céu - 620

Partilhe! Obrigado.

A Criação e a Natureza dos Anjos

A REALIDADE DA CRIAÇÃO

Os anjos são seres criados (Sl 148.5). Eles não evoluíram, nem foram formados por geração natural, pois não podem se reproduzir (Mt 22.30).

Foram criados por Cristo, já que ele criou todas as coisas (Jo 1.1-3), inclusive os próprios anjos (Cl 1.16). Foram criados antes da Terra (Jó 38.4-7).

ESTADO ORIGINAL

Santos – Todos os anjos foram criados santos (Gn 1.31). Os anjos que não caíram e que continuam bons são chamados santos (Mc 8.38). São chamados “anjos eleitos” (1Tm 5.21), em contraste com os anjos maus que seguiram a Satanás em sua rebelião contra Deus (Mt 25.41).

Criaturas – Os anjos são criaturas, apesar de distintos de outras seres como o homem (1Co 6.3; Hb 1.14). Como toda criatura, têm limitações de poder, de conhecimento e de atuação (1Pe 1.11-12; Ap 7.1).

SÃO SERES PESSOAIS

Como seres pessoais, possuem inteligência, emoções e vontade. Isso é uma realidade tanto para os anjos bons como para os anjos maus. Eles possuem:

a) Inteligência (Mt 8.29; 2Co 11.3; 1Pe 1.12).

b) Emoções (Lc 2.13; Tg 2.19; Ap 12.17).

c) Vontade própria (Lc 8.28-31; 2Tm 2.26; Jd 6).

SÃO SERES ESPIRITUAIS

Os anjos bons são chamados de “espíritos ministradores” (Hb 1.14); os anjos maus, de “espíritos malignos ou imundos” (Lc 8.2; 11.24-26); e Satanás, de “espírito que agora atua nos filhos da desobediência” (Ef 2.2).

Sendo assim, são imateriais e incorpóreos, mas isso não os impede de aparecer ocasionalmente como seres humanos. Apareceram a homens em sonhos e visões (Mt 1.20; Is 6.1-8), em uma revelação especial da sua presença (2Rs 6.17) e também a pessoas e no seu estado normal, conscientes e acordadas (Gn 19.1-8; Mc 16.5; Lc 2.13).

Os anjos também são imortais (Lc 20.36). Contudo, os anjos maus serão punidos com o inferno e ficarão eternamente distantes de Deus (Mt 25.41; Lc 8.31).

Os anjos não se casam. Baseados em Mateus 22:30, a maioria dos estudiosos aceitam que os anjos foram criados, individualmente, não sendo por isso uma raça como entendemos ocorrer com os outros seres vivos. Isto quer dizer que tantos quantos foram criados no princípio, tantos são no presente, e, por não possuírem poder nem ordem de procriação, cogita-se que sejam seres assexuados.

Como se à favor dessa hipótese, a Bíblia não indica a existência de “anjas”, embora também não os apresente como se fossem todos “machos”. Sabe-se que o sexo difere os seres vivos apenas no corpo e

não na espécie, por isso os anjos não podem ser comparados com os seres humanos ou qualquer outra criatura sexuada às quais o Criador tenha ordenado “-Crescei e multiplicai!” (pode-se dizer que o ser humano é representado por dois indivíduos inter-relacionados (homem e mulher), enquanto que o ser angélico o é por um só).

As Escrituras revelam, inclusive, que no futuro, diante de Deus, os homens salvos “... Serão como os anjos, que não se casam nem se dão em casamento.” (Mat. 22:30; Mar. 12:25).

Quantos anjos existem?

As Escrituras revelam que eles são numerosíssimos, estimando-os em milhares de milhares e

milhões de milhões (Apo. 5:11; Dan. 7:10; Deu. 33:2), ou seja, em trilhões de indivíduos!

Quanto tempo um anjo vive?

Em Luc 20:34-36 encontramos Jesus declarando que os homens “...-havidos por dignos de

alcançar o mundo vindouro e a ressurreição dos mortos... não poderão morrer, pois serão iguais aos anjos...” , o que indica que os anjos são seres eternos. Quanto à vida, podemos também afirmar que os anjos não envelhecem, não estando sujeitos às variações de tempo. Tampouco podem ser molestados pelas circunstâncias ambientais como fogo, vendavais e terremotos.

Os anjos são seres bons?

A palavra “anjo” aparece na Bíblia na forma hebraica “mal’akh” e na grega “aggelos”, ambas

significando “mensageiro”, e sendo aplicada não só a seres celestes, mas também a seres humanos algumas vezes (Mar 1:2).

Quando se pergunta se os anjos são seres bons, logo se percebe a intenção por trás da pergunta, como se o que realmente se deseja saber é se os anjos estão do nosso lado, a nosso favor, a nosso serviço.

A Bíblia os apresenta como sendo “Valorosos em poder, que executam as ordens de Deus e lhe obedecem à voz” (Sal 103:20) e que são “Espíritos ministradores enviados para serviço, a favor dos que hão de herdar a salvação” (Heb 1:14). As duas passagens deixam claro que os anjos servem a Deus em favor dos homens. Ele conjugou o serviço que os anjos lhe prestam à sua obra de resgate e reconciliação dos homens.

Entretanto, como estão a serviço de Deus e não dos homens, o que os qualifica como executores da justiça de Deus, os anjos são usados por Ele, tanto para trazer boas novas (Luc 2:10) como para trazer juízo (Num 22:31-32), para trazer sustento (Mat 4:11) como para trazer fome, para preservar a vida (Sal 91:11) como para trazer morte (Atos 12:23), para defender (Sal 34:7) como para flagelar (as pragas do Apocalipse serão aplicadas pelos anjos).

Todos os anjos estão à serviço de Deus?

As Escrituras revelam que quando o dragão (Satanás) foi precipitado do céu, com sua cauda ele arrastou após si um terço das estrelas do céu (anjos) — Apo 12:3-4, e as lançou sobre a terra.

Repare na declaração de Jesus quanto ao juízo vindouro: “Então, dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” (Mat 25:41). Está claro que estes serviçais satânicos e seus solidários não terão um destino muito confortável. Estes são os anjos de Satanás (nome que significa adversário), os quais não tem outro objetivo senão o de enganar os homens de várias formas, inclusive se fazendo passar por anjos de luz (2Co 11:14).

Podemos adorar os anjos?

O contexto bíblico revela que os anjos de Deus não aceitam adoração, pois estão a serviço do Senhor, e como todas as criaturas que O servem, tributam e dirigem toda a glória ao Seu nome, como ocorreu em Apocalipse 19:10. Há uma única exceção no passado que discutiremos adiante, mas no presente, todo e qualquer ser espiritual que evoque a si o título de anjo de Deus ou anjo bom, mas que aceite culto e adoração ou contrarie qualquer outro preceito bíblico, não passa de um enviado do inferno e do adversário. Além disso, Jesus deixou claro: “- Somente ao Senhor teu Deus adorarás, e somente a Ele prestarás culto” Mat 4:10.

Podemos resumir o que aprendemos aqui, dizendo que os anjos são seres reais, porém espirituais, cujo nome indica sua atividade (mensageiro), que têm ciência e poder superiores aos dos homens, podendo visitá-los sob ordem de Deus ou do adversário (visto que este último, quando de sua rebelião, levou após si a terça parte dos anjos celestes) e que os de Deus estão à serviço D’Ele em favor dos santos, enquanto os do adversário estão a serviço dele e no intuito de ajudá-lo em sua investida contra a raça humana, usando inclusive a tática de se fazerem passar por anjos bons, embora contrariando o hábito daqueles ao aceitar culto e adoração dos homens.

Partilhe! Obrigado.


Vamos iniciar o 3º Trimestre de 2019 Na EBD, A Maior Escola Do Mundo; Seja Bem Vindo

Nosso Compromisso com Deus e Com as Pessoas é Ensinar e Transmitir Informações das Santas Escrituras

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 11 O Sacerdócio de Cristo e o Levítico

Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e feito mais sublime do que os céus.” (Hebreusb 7.26)

EBD Escola Bíblica Dominical 2º Trimestre 2019 Lição 11

Valdemar Quaglio


EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

EBD 2º Trimestre 2019 Lição 10 O Sistema de Sacrifícios

Deus Criou um Sistema de Sacrifícios para os Israelitas, Indicando que Jesus Cristo Seria o Supremo Sacrifício; Ele Pagaria de Uma Vez por Todas, Morrendo Uma Só Vez Pelo Pecado do Mundo

EBD MOLDANDO VOCÊ

Valdemar Quaglio


Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

A Arca da Aliança era de Madeira de Acácia, Revestida de Ouro; O Ouro Simbolizava a Divindade de Cristo e a Madeira Simbolizava a Humanidade de Cristo, Portanto em Geral A arca da Aliança Era a Presença de Deus Entre os Israelitas

Escola Bíblica Dominical (EBD) 2º Trimestre 2019 Lição 9 A Arca da Aliança

Valdemar Quaglio